ABC - quarta-feira , 29 de maio de 2024

Obra de dois viadutos no Corredor ABD vai sobrecarregar trânsito na região a partir de 2ª

Interdição está prevista para segunda-feira (15) e vai impactar no já complicado trânsito e um dos trechos mais movimentados do ABC. (Foto: André Baldini/PMD)

Uma das mais movimentadas avenidas da região, o Corredor ABD, que interliga as avenidas Fábio Eduardo Ramos Esquivel, em Diadema, e Lions, em São Bernardo, e importante ligação entre a Capital, a região e as rodovias Imigrantes e Anchieta, vai ser  afetada pelas obras de construção de dois viadutos pela prefeitura de São Bernardo. O local, que é conhecido pelo trânsito que chega a travar nos horários de pico da manhã e de final de tarde, terá interdições em um trecho longo que começam na segunda-feira (15/04). Quem passa pelo local diariamente e já sofre com o tráfego intenso, teme o pior, mesmo com providências que serão adotadas pelos dois municípios.

“Não sei como vai ser passar por aqui às 6 horas da tarde a partir de segunda-feira. Essa obra terá reflexo no trânsito do ABC todo. Anchieta, o Centro de Diadema e até a avenida Cupecê (na Capital) vão parar”, acredita um motorista de aplicativo que preferiu não se identificar. A previsão do profissional está baseada no fluxo intenso de veículos e que grande parte dos veículos de passageiros e de carga que circula por essa região vem da Capital em direção ao ABC, saindo da avenida Cupecê, passando pelas avenidas Fábio Eduardo Ramos Esquivel e Corredor ABD em direção a São Bernardo e Santo André. O mesmo movimento acontece no sentido oposto. Neste trecho também há o acesso para a Anchieta e a avenida também recebe o trânsito de quem sai da rodovia.

Newsletter RD

São Bernardo quer melhorar fluidez

A obra compreende a construção de dois viadutos que vão interligar a marginal do Ribeirão dos Couros, que vem desde o bairro de Piraporinha, até a avenida 31 de Março, no bairro Pauliceia. A Prefeitura de São Bernardo está investindo mais de R$ 70 milhões nesta obra, que tem o condão de melhorar a fluidez.

“A Prefeitura fará a construção de dois viadutos no Corredor ABD com a proposta de melhorar o deslocamento entre os bairros Pauliceia, Jordanópolis e Taboão. Serão duas estruturas de aproximadamente 500 metros de extensão cada – um no sentido Diadema/Imigrantes e outro no sentido Santo André/Anchieta -, com três faixas de rolamento, começando na saída da Avenida Lions com a Avenida 31 de Março e término em área próxima onde está localizado o piscinão do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), eliminando os semáforos. A medida irá interligar as avenidas marginais ao Corredor Ribeirão dos Couros, no trecho entre a Via Anchieta e a Rua Frei Damião. O investimento nas obras dos viadutos compreende valor de R$ 57 milhões. As intervenções do complexo no geral, que englobam ainda alargamento de pistas, infraestrutura e remanejamento de postes, terão aporte de R$ 72 milhões”, diz a Prefeitura de São Bernardo, em nota.

Se o impacto previsto no trânsito será grande, também a paciência do motorista será testada, pois a Prefeitura estima que a obra vai durar pelo menos um ano, mas o trânsito terá interrupção dividida em duas fases e em trechos diferentes. “Na primeira etapa, a pista do Corredor ABD no sentido Diadema será fechada na segunda-feira (15/4). O fluxo principal de veículos será redirecionado para as avenidas 31 de Março e Cézar Magnani e de volta ao Corredor ABD e, no trecho interditado, funcionará somente uma faixa de trânsito local.

Em meados de maio, será implantada a segunda fase, na qual o Corredor ABD, no sentido Santo André, também terá seu fluxo principal redirecionado para as avenidas Cézar Magnani e 31 de Março e, no trecho interditado, funcionará somente uma faixa de trânsito local”, informa a administração. A Prefeitura garante ainda que vai manter equipes para orientar o tráfego e que manterá um monitoramento constante.

A Prefeitura de Diadema também se preocupa com o impacto do fechamento da avenida. Em nota, a administração diz que técnicos das duas cidades fizeram reuniões para discutir as rotas alternativas e diz que também vai manter pessoal do Departamento de Trânsito em horários de pico. “Agentes de trânsito de Diadema estarão no local quando necessário e nos horários de pico do trânsito, sendo quatro agentes por turno. Os caminhos alternativos serão sinalizados com placas”, diz a Prefeitura. Diadema também informou que nenhuma linha de ônibus será desviada.

Receba notícias do ABC diariamente em seu telefone.
Envie a mensagem “receber” via WhatsApp para o número 11 99927-5496.

Compartilhar nas redes