ABC - quarta-feira , 19 de junho de 2024

Santo André 500 Anos: vamos juntos construir o futuro – Paranapiacaba

A equipe da Prefeitura esteve em Paranapiacaba, primeiro território a ser ouvido. Entre os principais desejos da população está o retorno do trem até a Vila Inglesa. “Eu queria a volta do trem”, avalia Rubens Antunes

Publieditorial/Prefeitura de Santo André

A Prefeitura de Santo André deu início ao processo de escuta pública do projeto Santo André 500 Anos com a população. Até 27 de julho equipes estarão na rua conversando com os andreenses, ouvindo as demandas e colhendo informações de como podemos melhorar cada um dos 112 bairros da cidade.

Newsletter RD

O processo de escuta pública garante a contribuição, crítica e visão da população e norteia a execução do programa Santo André 500 anos, afinal, conquistar um município que seja um bom lugar para morar, investir, com boa infraestrutura para todos, mobilidade urbana eficiente, qualidade de vida com bons equipamentos de esportes e lazer, cultura, saúde de qualidade e educação de ponta exige a participação de todos e principalmente o cidadão, que precisa ter voz e ser protagonista das ações e realizações do poder público.

Para que isso seja possível, é necessário manter um contato próximo com a população, ouvindo suas reinvindicações e valorizando seu ponto vista, os serviços ofertados, os problemas que precisam ser solucionados e estudar a melhor maneira de dia após dia oferecer uma cidade ainda mais dinâmica, inclusiva, moderna, solidária, sustentável e empreendedora.

A equipe da Prefeitura esteve em Paranapiacaba, primeiro território a ser ouvido. Entre os principais desejos da população está o retorno do trem até a Vila Inglesa. “Eu queria a volta do trem. Facilita o acesso, o movimento na vila, o turismo e para quem trabalha fora daqui seria muito melhor”, avalia Rubens Antunes, morador de Paranapiacaba desde 1995.  João Cassemiro de Araújo, morador há 32 anos, concorda com o vizinho. “Meu sonho é a volta do trem até Paranapiacaba como era antigamente.”

Além disso, a contínua conservação deste patrimônio histórico de Santo André nos próximos 30 anos é outro sonho da população “Daqui 30 anos eu espero que tudo isso daqui permaneça a mesma coisa”, afirmou Marco Alves, artista de rua e turista. Zilda Maria Bertolini, moradora há 52 anos concorda. “Nós herdamos um patrimônio lindo e temos a obrigação de conservar, sem deixar de evoluir”, acrescentou.

Assim como os moradores de Paranapiacaba, você também faz parte deste futuro e sua participação é fundamental. Queremos ouvir o que tem a dizer e de que maneira podemos contribuir para que Santo André permaneça sendo motivo de orgulho para cada andreense. Nos ajude nesta construção.

Receba notícias do ABC diariamente em seu telefone.
Envie a mensagem “receber” via WhatsApp para o número 11 99927-5496.

Compartilhar nas redes