Estado autoriza que bares e restaurantes funcionem até as 22h

O município tem que estar até duas semanas na fase 3 (Foto: Divulgação)

O governo do Estado autorizou, no início da tarde desta quarta-feira (5/8), o funcionamento até as 22h de estabelecimentos de alimentação, como bares e restaurantes, que há semanas pediam a ampliação. A partir de agora, poderão funcionar com 40% de ocupação dos espaços sentados e devem seguir os protocolos sanitários. Para tanto, o município tem de estar em até duas semanas na fase 3 (amarela) do Plano São Paulo, caso em que o ABC está enquadrado. Para os empresários do setor, a medida ajuda, mas não atende totalmente as necessidades.

A decisão foi anunciada no Palácio dos Bandeirantes, durante coletiva de imprensa ministrada pelo governador João Doria (PSDB), que afirmou ter atende as manifestações dos sindicatos da região, caso do Sehal (Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação do ABC). “Vimos que os protocolos têm sido seguidos e, a partir da constatação, o governo vai publicar decreto que autoriza abertura de padarias, restaurantes e estabelecimentos de alimentação até as 22h”, disse o governador.

Serão seis horas de funcionamento ao dia e ficará a critério de cada estabelecimento o horário que será dividido durante o dia. “Os critérios de higiene devem continuar sendo seguidos criteriosamente, ainda que nos ambientes mais arejados”, completa.

Sehal considera avanço, mas manterá processos 

O Sehal (Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação do Grande ABC) considerou um avanço o anúncio do governo do Estado, no entanto, informa que a decisão ainda não alcança o desejo de grande parte dos empresários que querem atender na melhor escala de horário que considerar viável para o seu estabelecimento. “A medida ajuda, mas não atende. Vamos continuar a luta e com os processos que estão em andamento na Justiça, pois cada empresário deve decidir pelo seu horário”, afirma Wilson Bianchi, presidente em exercício.

O Sehal impetrou mandado de segurança, no dia 29 de julho, contra o ato do governo estadual, que limitou o horário de funcionamento até as 17h para restaurantes, pizzarias, bares e similares na região do ABC. Outras medidas liminares também foram ajuizadas contra as prefeituras de Diadema, Ribeirão Pires, Mauá, São Caetano do Sul e Rio Grande da Serra.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99237-9717 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários