Hunter-Reay vence GP de Watkins Glen na Fórmula Indy

O GP de Watkins Glen, em Nova York, nos Estados Unidos, neste domingo, foi distinto para quem o disputou. Sorte de Ryan-Hunter Reay (Rahal-Letterman), que conseguiu sua primeira vitória na categoria, e dos brasileiros Tony Kanaan (Andretti Green), terceiro colocado na prova, e Hélio Castro Neves (Penske), que segue na vice-liderança da temporada, agora 48 pontos atrás do líder.

O neozelandês Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi), que segue na ponta, com 370 pontos, jogou fora a chance de abrir uma larga vantagem. Numa bandeira amarela na volta 49, rodou sozinho ao tentar aquecer os pneus, quando era segundo colocado, e foi atingido por Ryan Briscoe (AUS/Penske), que não teve como evitar o choque pela fumaça e sujeira. Os dois caíram de posições e terminam em 11º e 12º lugares, respectivamente.

Hélio Castro Neves, por sua vez, só teve dificuldades na prova. Largou em 26º lugar e partiu para cima, mas ainda nas primeiras voltas teve uma pane elétrica ou de câmbio (não conseguiu trocar uma marcha) e seu carro apagou. No embalo, conseguiu chegar aos boxes, mas reclamou bastante da demora dos fiscais em empurrá-lo para seu pit. Voltou, mas terminou uma volta atrás, em 16º lugar.

Tony Kanaan, com os pontos conquistados neste domingo, segue em quarto lugar, com 304 pontos, atrás de Dan Wheldon, o terceiro, com 311. Os brasileiros Bruno Junqueira (sexto em Watkins Glen) e Mário Moraes (sétimo) conseguiram seus melhores resultados no ano, mas seguem embaixo na classificação. A próxima etapa da Indy é no próximo, em Nashville, às 21 horas (horário de Brasília).

Comentários