ABC - quarta-feira , 19 de junho de 2024

Educação financeira vira tema de campanha educativa no ABC

A CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de São Caetano e a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC vão iniciar uma campanha de conscientização sobre educação financeira em toda a região. A partir dos quadrinhos da “Família Taliso”, as entidades vão levar o conhecimento sobre o tema em diversos locais e também pela internet.

Ao RD Momento Econômico – Debate, o presidente da CDL São Caetano, Alexandre Damásio, destacou a necessidade de dar um passo a mais sobre o tema, principalmente após três anos de divulgações de dados de inadimplência no ABC, o que já chamou a atenção para a necessidade de ensinar as pessoas sobre como cuidar melhor de suas finanças.

Newsletter RD

“Além desses instrumentos de medição, a agente precisa dar um start de sensibilização para a educação financeira, porque caso o contrário ficamos trazendo notícias, falando de índices e só. Agora é hora de resultado, esse é um ano importante para isso”, explicou.

Damásio reforçou a necessidade de reforçar a educação financeira para os consumidores (Foto: Reprodução/RDtv)

A ideia das duas entidades é usar os meses de março e abril para realizar essa sensibilização sobre o tema junto às empresas e universidades da região. Neste período também será lançado um site que contará com todo o material já adotado pela SPC Brasil.

Outra intenção do grupo é que em locais públicos, como as universidades e shoppings, tenham QRcodes que possam levar as pessoas diretamente para as histórias da “Família Taliso”, que a partir de situações bem-humoradas apontam os principais problemas financeiros das pessoas e no final fala de soluções simples que podem ser adotadas para evitar que o seu nome fique sujo.

Próximos passos

Além dos quadrinhos, a CDL São Caetano e a Agência de Desenvolvimento Econômico pretendem expandir ainda mais a compilação de números de inadimplência na região. O próximo passo é detalhar os números referentes às pessoas que conseguem sair das listas do SPC Brasil e do Serasa, mas que acabam voltando pouco tempo depois. A ideia é que este levantamento passe a ser divulgado no segundo semestre.

“Temos que reforçar que somos uma das poucas regiões do Brasil que realizam este tipo de estudo e que é importantíssimo para entender a nossa economia. Temos que ter muito orgulho disso”, reforça Damásio.

Receba notícias do ABC diariamente em seu telefone.
Envie a mensagem “receber” via WhatsApp para o número 11 99927-5496.

Compartilhar nas redes