Nova UPA amplia rede de urgência e emergência de Mauá

Nova UPA poderá atender até 300 pacientes por dia / Foto: Evandro Oliveira

Mauá inaugurou neste sábado (31/03) a UPA Vila Magini, a terceira unidade de pronto atendimento do município. O equipamento de saúde amplia a rede de urgência e emergência que está sendo construída na cidade com o objetivo de desafogar o atendimento no Hospital Nardini.

Ao contrário do que ocorreu na inauguração das duas primeiras UPAs, desta vez o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, não compareceu – ele esteve na cidade há duas semanas na entrega da UPA Vila Assis.

A unidade da Vila Magini tem capacidade de atender 300 pacientes por dia e vai beneficiar principalmente moradores dos bairros Cerqueira Leite, Oratório, Santa Cecília, Silveira, Capuava, Paranavaí, Sonia Maria, Vila Bocaina e Guarani, além do Centro.

A nova UPA vai contar com dois clínicos e dois pediatras. No entanto, dependendo da demanda, a equipe pode aumentar. “Temos a expectativa de que essa UPA tenha um número maior de pacientes, até por conta da localização. Se isso se confirmar vamos colocar mais um clínico e um pediatra”, explica o secretário de Saúde e vice-prefeito de Mauá, Paulo Eugênio.

Adaptação Com a ampliação da rede de urgência e emergência, o esforço para desafogar o Nardini entra em outra fase: a adaptação dos pacientes que estão acostumados a buscar atendimento no pronto-socorro (PS) do hospital. “É uma nova distribuição, um novo processo. Em um primeiro momento gera desconforto, dificuldade, mas com o tempo vai se assentando”, avalia o prefeito Oswaldo Dias.

Durante 15 dias, a Prefeitura vai disponibilizar transporte gratuito para os pacientes que buscarem atendimento no PS do Nardini. Os munícipes serão levados para a UPA mais próxima. O objetivo da Administração é que o pronto-socorro do hospital atenda somente os casos de maior complexidade.

Construção  A UPA Vila Magini obedece o mesmo padrão de funcionamento e gestão das outras duas unidades que já estão funcionamento. A Prefeitura vai receber repasse de R$ 300 mil por mês do governo federal para manter a unidade, classificada com sendo do tipo II – com capacidade para atender população entre 100 mil e 200 mil habitantes.

A contratação dos funcionários é de responsabilidade direta da Administração, mas a Prefeitura também contará com o apoio da Fundação do ABC.

Foi investido R$ 1,3 milhão na construção do equipamento. O montante faz parte dos R$ 8 milhões que o governo federal disponibilizou para a construção das quatro UPAs. A quarta e último UPA, do Jardim Maringá, será inaugurada no segundo semestre.

Protesto – Enquanto a UPA era inaugurada na manhã deste sábado, um grupo de cinco pessoas protestava no local contra as condições de atendimento no Hospital Nardini. Os manifestantes portavam cartazes com dizeres questionando o tempo de demora no atendimento, a quantidade excessiva de pacientes e a falta de remédios.

Veja galeria de fotos da inauguração da UPA Vila Magini

________________________________________________________________________________

LEIA TAMBÉM

Ministro da Saúde defende construção de novo hospital público no ABC

Arthur Chioro faz coro por novo hospital regional no ABC

Qualidade do SUS fica abaixo da média nacional em cinco cidades da região

Ministério da Saúde amplia repasse de verbas para o Hospital Nardini

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários