Nova campanha de incentivo a participação feminina na política

Estreou uma nova campanha de incentivo a participação feminina na política. Feliz ideia do ministro Barroso, onde por sua determinação se fez algumas parcerias, Instituto Marielle Franco, com vários depoimentos de mulheres que sofreram de violência de gênero, movimento “Duzentos Mil por Ela”, idealizado pelo Instituto Glória, em parceria com o Instituto Maria da Penha.

Varias atrizes, incluindo Camila Pitanga que é embaixadora da ONU mulheres, estarão presentes nas chamadas com reflexões sobre gênero, democracia intrapartidária será essencial para contar com mais mulheres na política e no parlamento. Além de mais mulheres eleitas, diminuir as relações de gênero, temos que dar um basta na violência contra a mulher, violência doméstica, familiar, psicológica, moral, sexual e patrimonial.

É bom que se registre 15 anos da lei Maria da Penha, já que estamos falando de leis, é de suma importância aumentarmos a participação feminina, não só em quantidade, mas principalmente em qualidade. Santo André terá a oportunidade nas próximas eleições, apesar de já termos representação feminina na Região, posso afirmar que quanto mais representatividade, melhor.

Não gostaria que o papel de deputada estadual, se restringisse apenas no momento eleitoral, ela deve saber o funcionamento da Assembleia Legislativa, fiscalizar as ações do governador, representar a população e atuar em consonância com os interesses da Região.  O deputado tem 4 anos para representar os órgãos governamentais, assuntos de interesse no seguimento sociais e da Região que o elegeu. Já estou dando a dica, violência contra a mulher.

A função também consiste em apresentar projetos de lei, avaliar aqueles já encaminhados por outros deputados, pelo governador, Poder Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas e pelos cidadãos. Propor destinação de recursos do orçamento para os municípios, julgar todos os anos as contas prestadas pelo governador, fiscalizar a execução das ações da administração com execução orçamentarias, contas e contratos, não deixando de ressaltar o trabalho nas comissões temáticas, onde propõe e analisa projetos de leis, decretos legislativos de resolução, proposta de emenda á constituição estadual, por fim, a criação de comissão parlamentar de inquérito.

Em suma, o trabalho é de catequese, quase revolucionário, quanto maior qualidade, maior tranquilidade a população. O que podemos esperar das urnas como recado? O avanço ou o atraso? Mãos a obra!

(Vladimir Macriani é executivo de negócios)

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários