Morte de rapaz de 18 anos gera protestos em Rio Grande da Serra

Ato fechou ruas de Rio Grande e pediu apuração do caso. (Foto: Rede Social)

A morte de Igor Oliveira, de 18 anos, em Rio Grande da Serra causou muita comoção na cidade. O jovem foi encontrado morto em um matagal no início da madrugada de quarta-feira (09/09), na noite seguinte um protesto foi realizado na entrada da cidade a Rede de Proteção e Resistência contra o Genocídio, publicou que é investigada a participação de policiais na morte do jovem, que era conhecido pelo apelido de Bombinha.

A Secretaria de Segurança Pública nega que haja informação sobre execução por policiais militares. Segundo o boletim de ocorrência registrado na delegacia da cidade vizinha Ribeirão Pires, o corpo do jovem foi encontrado em um matagal que fica na avenida Jean Lieutaud. Segundo informe da secretaria uma equipe da PM foi acionada para atender a ocorrência e, no local, encontrou a vítima. O Samu foi acionado e constatou o óbito.

À polícia o pai do estudante contou que recebeu uma ligação de um número desconhecido, avisando que seu filho foi visto no local dos fatos. Foi solicitada perícia e carro de cadáver. O caso foi registrado como morte suspeita pela Delegacia de Ribeirão Pires e encaminhado à Delegacia de Rio Grande da Serra, que prossegue com as investigações.

Comentários