Ipsos: 74% da população mundial e 86% da brasileira tomariam vacina contra covid

(Foto: Divulgação)

Aproximadamente três em cada quatro adultos aceitariam tomar uma vacina contra a covid-19 caso ela já estivesse disponível, diz pesquisa do instituto Ipsos divulgada nesta terça-feira, 1º. Entre os países, o Brasil é o segundo com maior fatia de cidadãos dispostos a receber o imunizante, com 86% de respostas afirmativas, perdendo apenas para a China (97%).

A pedido do Fórum Econômico Mundial, o Instituto Ipsos ouviu quase 20 mil adultos em 27 países.

Em termos mundiais, entre aqueles que não aceitariam receber o imunizante neste momento, 56% alegam preocupação com os efeitos colaterais, enquanto 29% questionam a eficácia. Os outros 15% correspondem a diferentes razões, como oposição a vacinas em geral e falta de tempo para comparecer a um centro de saúde.

No caso do Brasil, 63% dos resistentes à profilaxia alegam preocupação com os efeitos colaterais e 21% têm dúvidas em torno da eficácia.

Disponibilidade em 2020

Nos 27 países em que a pesquisa foi feita, 59% duvidam que uma vacina contra a covid-19 seja ofertada ainda neste ano. Entre os brasileiros, 51%, por outro lado, esperam um imunizante antes mesmo do fim de 2020.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários