Síria: Turquia inicia ataque aéreo em Afrin contra milícias curdas

A Turquia iniciou um ataque aéreo neste sábado (20) na cidade de Afrin (foto), no noroeste da Síria, região sob controle de milícias curdas, conforme a agência de notícias estatal turca Anadolu. A operação fez com que a Rússia retirasse seus exércitos da região.

Segundo a agência turca, os aviões de guerra atingiram até agora 108 dos 113 alvos da milícia curda na região de Afrin. O governo da Síria, assim como Estados Unidos, Rússia e Irã teriam sido informações sobre a operação.

Após o início do bombardeio, o Ministério de Defesa da Rússia disse que está retirando suas tropas que estavam nas proximidades de Afrin. Em pronunciamento divulgado pela agência de notícias estatal russa, o Ministério anunciou que, para prevenir possíveis provocações e evitar que soldados russos sejam feridos, as tropas que estavam na região de Afrin foram deslocadas. O anúncio, entretanto, não informou quantos soldados foram transferidos.

O exército turco disse que o bombardeio foi uma resposta a ataques de milícias na região. A operação tem o objetivo de proteger a fronteira turca e neutralizar os combatentes curdos em Afrin. Oficiais turcos disseram que o ministro de Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, discutiu a ofensiva militar na Síria com o Secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson.

Comentários