Pequenos reparos movimentam setor de material de construção

Quem nãos planejou grandes reformas, vale apostar na pintura das paredes para mudar o ambiente. Foto: Rodrigo Lima

Com a proximidade das festas de final de ano e o pagamento do 13º salário, a população costuma realizar pequenos reparos ou repaginar o visual da casa para receber o Ano Novo. Com isso, o setor de material de construção fica mais movimentado. Em novembro, a Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção) registrou crescimento de 3% no volume de vendas com relação a outubro.

Os segmentos com maior incremento de vendas foram os de acabamentos, como tintas, metais sanitários, iluminação e revestimentos cerâmicos. Isso porque pequenos reparos, que não dependem de mão de obra contratada, podem ser realizados sem comprometer o andamento dos preparativos de Natal e Réveillon. A pintura dos rejuntes do azulejo, troca de pia e cobertura de buracos na parede são detalhes que fazem diferença quando reparados.

Para a designer de interiores Lígia Gratão, quem não se planejou para uma grande reforma, mas quer mudar o visual da casa, vale apostar na pintura das paredes com cores diferentes ou utilizar o truque do papel de parede. “Se a intenção é apenas visual, alguns itens de decoração podem incrementar o ambiente sem tomar muito tempo e dinheiro”, diz.

Caso seja necessária a manutenção de encanamentos ou da parte elétrica, a dica é correr ainda nesta primeira quinzena de dezembro. “Está cada vez mais difícil encontrar profissionais disponíveis nesta época do ano, ou lojas com sistema de pronta entrega de materiais”, alerta Gratão.

Avaliação

Segundo estudo do Ibope Inteligência, a perspectiva é de que, até o final de 2013, os brasileiros podem gastar R$ 5,4 bilhões na compra de artigos para a casa, um crescimento de 8% em relação a 2012.

Para o economista Sandro Maskio, o momento é de cautela com os gastos no final do ano e, se possível, programar grandes reformas para fevereiro.“O erro mais comum é que em dezembro as pessoas esquecem que existe janeiro e fevereiro. O fluxo das contas não vai sumir de um ano para outro, portanto o ideal é avaliar as reais necessidades e controlar gastos para não desequilibrar a vida financeira”, aponta o coordenador de pesquisas do Observatório Econômico da Universidade Metodista, em São Bernardo.

Contratação de serviços

Nesta época do ano, a procura por profissionais para realizar a pintura nas paredes de casa apresenta aumento de 50% na Praquemarido, rede de franquias na região, que oferece cuidados aos imóveis. “Todo o serviço, incluindo a realização do orçamento, pode ser concluído em uma semana e sem atrasos para as festas de Natal”, afirma Claudia Novaes, gerente da unidade São Caetano.

Para saber a quantidade de tinta necessária, apenas alguns cálculos precisam ser realizados. “Meça o comprimento da parede e multiplique pelo pé direito, que corresponde à altura do chão ao teto. Depois multiplique o valor por três, que é o número médio de demãos,” ensina a arquiteta da rede, Rosemeire Albuquerque. Nas latas de tinta há informações sobre o total de área que pode ser coberto com o volume vendido. É observar a orientação do fabricante.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários