ABC - domingo , 16 de junho de 2024

Grupo força portão no bairro Campestre, furta bicicletas e dá prejuízo de R$ 5 mil

Momento em que três dos quatro criminosos força o portão do condomínio e conseguem entrar. Um deles fica observando o movimento. (Foto: Reprodução)

Quatro jovens arrombaram um portão de garagem no bairro Campestre, em Santo André, na quinta-feira (23/05) e furtaram três bicicletas. Segundo moradores o quarteto já perambulava pelas ruas em busca de uma oportunidade. Imagens de câmeras de monitoramento, que já estão em poder da polícia, mostram a ação dos criminosos que não tiveram dificuldade para forçar o mecanismo do portão. O prejuízo total foi estimado em R$ 5 mil.

O crime aconteceu na rua Vitória Régia, em horário de movimento na rua, mas nem a passagem de veículos na rua intimidou os bandidos. As 15h49 os quatro rapazes que passavam pela rua olham o interior da garagem, percebem a facilidade e enquanto um olha o movimento da rua os outros três forçam o portão que se abre em poucos segundos. Com o acesso ao interior da garagem do prédio de apartamentos eles foram até o suporte onde ficam as bicicletas e as furtaram arrebentando os cadeados. Em seguida o quarteto fugiu rapidamente. A ação toda não demora mais do que dois minutos.

Newsletter RD

O dono de duas das três bicicletas furtadas, Natanael Vieira, conta que fez uma investigação própria, percorreu outros condomínios e casas da vizinhança e conseguiu as imagens dos autores do furto. “Eles já estavam perambulando pelo bairro tem alguns dias. Mas não consegui localizar outras vítimas”, disse. A vítima foi até o 4° Distrito Policial, que cuida da região do bairro Campestre, para registrar o furto e também apresentar as imagens. “Achei estranho porque me disseram que eu tinha que levar as imagens em um pendrive. Voltei em casa, encontrei um, salvei as imagens e fui levar, mas nem olharam colocaram em um pacote junto com o boletim de ocorrência. Desde o dia que fui na delegacia não recebi nenhum contato até agora”, lamenta.

Além do prejuízo com as bicicletas, avaliadas em R$ 4 mil, o morador e também os demais vizinhos do condomínio ficaram com o prejuízo do portão, que além do conserto teve duas travas instaladas para evitar novo ataque. O condomínio dispõe de alarme, que não estava ativado no momento do furto. O total do prejuízo do condomínio ficou em cerca de R$ 1 mil. Além disso o sistema de câmeras e de alarme será melhorado. “A gente imaginava que o portão era seguro, descobrimos o contrário do pior jeito”, completa o morador.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública, diz que a delegacia seguiu o procedimento. “O caso foi registrado como furto pelo 4º DP de Santo André, onde é investigado. Por não se tratar de flagrante a autoridade policial encaminhou as imagens para análise do setor de investigação, que trabalha para localizar e responsabilizar o autor”, diz a nota.

A SSP diz ainda que os índices de criminalidade na região do 4° DP de Santo André. “Com o trabalho conjunto das Polícias Civil e Militar a área do 4º DP da cidade apresentou queda 16,6% nos casos de furtos em geral e 16,7% nos furtos de veículos. Somado a isso, 532 infratores foram presos e apreendidos e 410 veículos foram recuperados, em todo o município”, diz o informe da pasta estadual de segurança.

De acordo com os dados estatísticos da SSP o 4° Distrito Policial de Santo André registrou 32 casos de furto quando bandidos invadiram residências, condomínios, estabelecimentos comerciais, de educação e bancários, neste ano de janeiro a abril. Janeiro foi o mês com maior incidência, 15 casos, fevereiro e abril tiveram sete registros cada e março três boletins de ocorrência.

 

Receba notícias do ABC diariamente em seu telefone.
Envie a mensagem “receber” via WhatsApp para o número 11 99927-5496.

Compartilhar nas redes