Governo de SP mobiliza força-tarefa e entra em alerta para chuvas

(Foto: Omar Matsumoto/PMSBC)

O Governo de São Paulo mobilizou uma força-tarefa da Defesa Civil Estadual e do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar para atuação em todas as regiões do estado devido ao alerta para fortes chuvas a partir desta quinta (30). Em conjunto com as Defesas Civis Municipais, são mais de 12 mil profissionais preparados para operações especiais de salvamento e resgate com apoio de aeronaves, veículos terrestres e embarcações.

Há atenção especial para as regiões de Araçatuba, Baixada Santista, Barretos, Campinas, Franca, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Sorocaba, Vale do Paraíba, Litoral Norte e Região Metropolitana da Capital, todas com previsão de até 120 mm de chuva por dia. Nas regiões de Araraquara, Bauru, Itapeva, Marília, Presidente Prudente e Vale do Ribeira, a meteorologia aponta chuvas com volume diário de até 90 mm.

A força-tarefa conta com apoio das equipes da Secretaria de Comunicação e da Secretaria de Desenvolvimento Regional para divulgação de informações em tempo real e atuação direta com as Prefeituras em estratégias de atendimento a ocorrências provocadas por inundações, enchentes e deslizamentos.  Os sites da Defesa Civil (www.defesacivil.sp.gov.br/), Bombeiros (www.corpodebombeiros.sp.gov.br/) e os canais oficiais @governoSP nas redes sociais vão veicular notícias e alertas durante todo o feriado prolongado de Réveillon sobre o clima em São Paulo. A Defesa Civil também mantém a campanha permanente SPAlerta (spalerta.sp.gov.br) com recomendações sobre o que a população deve fazer antes, durante e depois de chuvas extremas.

A Secretaria da Segurança Pública orientou os Comandos dos Bombeiros a posicionar viaturas em locais com previsão de tempestades e risco iminente de deslizamentos ou enchentes. Já o Comando de Aviação da Polícia Militar está de prontidão com 30 aeronaves para salvamentos em todas as regiões do estado. Há ainda oito planos preventivos que abrangem os 177 municípios paulistas mais vulneráveis, sendo um específico para inundações (Vale do Ribeira) e sete para escorregamentos (Região Metropolitana de São Paulo, Vale do Ribeira, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Serra da Mantiqueira, Região de Campinas, Região de Sorocaba e Região de Itapeva).

Os chamados de emergência em casos de desastres naturais podem ser feitos pelos telefones 190 (Polícia Militar), 193 (Bombeiros) e 199 (Defesa Civil). A Defesa Civil também emite alertas por mensagens de texto. Para se cadastrar, basta enviar um SMS contendo o CEP de interesse para o número 40199. O serviço é gratuito.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários