Flores para ver a saída

Um labirinto de girassóis foi instalado nesta terça-feira, 10, no Largo da Batata, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Trata-se de uma campanha para chamar a atenção para os casos de depressão, em meio às ações do Setembro Amarelo, mês em que se conscientiza sobre a prevenção do suicídio.

Com 120 metros quadrados de extensão e quase 2 mil girassóis, a instalação ficará montada para visitação gratuita até sábado. Quem passa pelo labirinto pode conferir a jornada de uma pessoa com depressão, desde a dificuldade do diagnóstico até o enfrentamento dos desafios que podem surgir, como preconceito e uma sensação de inadequação.

Os visitantes também poderão deixar uma mensagem de apoio para quem convive com a doença. Após o término da instalação, as flores usadas no labirinto e os bilhetes serão transformados em buquês para presentes.

A campanha “Na Direção da Vida – Depressão sem Tabu” é conduzida pela Upjohn, divisão focada em doenças crônicas não transmissíveis da Pfizer, pela área de medicina interna da empresa, pela Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos (Abrata), com participação do Centro de Valorização da Vida (CVV). “A melhor forma de ajudar é ouvir o indivíduo com calma e empatia, sem julgamentos, demonstrando cuidado e afeição, fortalecendo sua rede de apoio. Cabe destacar a importância de pedir ajuda especializada, tanto médica quanto emocional”, diz Renato Caetano, presidente do CVV.

Especialistas afirmam que a depressão é o principal fator de risco para o suicídio. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma pessoa se suicida no mundo a cada 40 segundos e essa é a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. O CVV atende pelo telefone 188 e também por chat, e-mail e pessoalmente.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários