Pacientes questionam falta de medicamentos em São Bernardo

(Foto: Divulgação/PMSBC)

Com o intuito de desafogar a crescente demanda de distribuição de medicamentos de alto custo no Hospital Mário Covas, em Santo André, o governo do Estado iniciou a descentralização no Poupatempo, em São Bernardo. Acontece que, quatro meses após o início da distribuição na cidade, pelo menos 32 medicamentos já estão em falta no estoque.

Quem foi buscar medicamentos na tarde desta segunda-feira (09/09) se deparou com o aviso dos remédios indisponíveis. “Várias pessoas tiveram que voltar para casa com as mãos vazias, porque nem sequer ligaram para avisar que os medicamentos estavam em falta”, relata uma das pacientes que prefere não ser identificada.

Segundo a reclamante, uma senhora que estava no local tentou ligar ao menos duas vezes na farmácia antes de buscar os remédios, mas sem sucesso teve que ir até o Poupatempo. “Ela disse que ligou várias vezes e ninguém a atendeu, aí a coitada veio até aqui e se deparou com o estoque vazio. Uma falta de respeito!”, acrescenta.

Entre os medicamentos faltantes estão Galantamina, utilizado no tratamento do Mal de Alzheimer, o antipsicótico Risperidona e o anticonvulsionante Topiramato.

Questionada, a Secretaria de Saúde do Estado por meio do Núcleo de Assistência Farmacêutica informa que, entre os medicamentos citados, Latanoprosta 50 mcg/ml, Rivastigmina 9mg, Sirolimo 1mg e Travoprosta 0,004% são de responsabilidade do Ministério da Saúde e estão com a entrega atrasada por parte do órgão federal.

Os demais estão em fase de distribuição e deverão estar disponíveis na farmácia no decorrer deste mês. Os fornecedores estão sendo cobrados para agilizar a entrega, de forma a garantir a devida assistência. A farmácia de alto custo instalada no Poupatempo de São Bernardo fornece mais de 200 itens. A pasta concentra esforços para atender a população, fazendo planejamento rigoroso de estoques e remanejamentos, quando há possibilidade, e dialoga com a gestão federal visando à solução do problema para não prejudicar o tratamento dos pacientes.

A Secretaria segue em diálogo com os municípios da região quanto a instalação de outras farmácias.

Confira a lista completa:

 

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários