Não fujo de desafios, diz Orlando sobre 2016

Tucano saiu fortalecido das urnas e já é cogitado como possível candidato a prefeito de São Bernardo.

Deputado estadual reeleito com o maior número de votos no ABC, Orlando Morando (PSDB) vê seu nome já aparecer na bolsa de apostas eleitoral para a sucessão do Paço de São Bernardo em 2016.

Na terra natal, Orlando obteve 103 mil votos, o que o credencia para o front sucessório. Indagado sobre o assunto, o tucano é taxativo. “Já disputei a prefeitura em 2008 e, eleito, sou um servidor público. Isso vai depender da questão partidária e do desejo da população, mas eu nunca fujo de desafios”, disse nesta quarta (22) durante entrevista ao RD.

O tucano também reafirmou que a parceria com Alex Manente (PPS), deputado federal eleito, foi pontual. “Não disputamos o mesmo cargo. Não discutimos 2016. Eu falei com ele apenas para parabenizá-lo pela eleição e a recíproca também existiu. Se ele quiser ser candidato, a candidatura é legítima”, pontuou.

Como destaques do mandato desta legislatura na Assembleia, Orlando ressaltou a aprovação do Ficha Limpa estadual e os avanços no transporte como o trecho sul do rodoanel. Para o novo mandato, ele enfatiza que se debruçará sobre a fiscalização do início e andamento das obras da Linha 18 Bronze, o metrô ABC.

“As obras estão previstas para serem iniciadas em fevereiro ou março de 2015. Vamos fiscalizar pois trata-se de uma parceria público-privada”.

Aécio

Orlando reafirmou que Aécio Neves repetirá a vitória nas urnas em São Paulo neste segundo turno. “E estamos confiantes na vitória no Brasil. A população saberá diferenciar o projeto para o Brasil mudar e avançar do projeto que tem a praga da corrupção e da inflação”, disse.

No plano regional, ele rechaçou o discurso petista de que a derrota de Dilma implicará em corte no repasse de verbas ao ABC. “Isso é terrorismo eleitoral. O ABC parou de avançar com a Dilma, pois com a recessão técnica na economia, a nossa atividade industrial foi abalada e com isso nós aqui desaceleramos porque houve menos repasse de impostos como o ICMS”.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários