ABC - domingo , 19 de maio de 2024

‘Nosso aumento de alunos é natural e não mercadológico’, diz reitor da USCS

A USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) celebra o crescimento no número de estudantes nos últimos anos. Saltando dos 6 mil alunos, antes da pandemia do Covid-19, para 13,4 mil estudantes. Ao RDtv o reitor Leandro Prearo justificou tal alta com três elementos: pesquisa, cursos presenciais e parcerias. O educador considera que a chegada ao número de 15 mil alunos será “natural” e não “mercadológica”.

“O crescimento não foi mercadológico, ele aconteceu naturalmente dado vários aspectos. Essa relação com o Poder Público na relação de serviços, eu acho que fez com que muitos alunos viessem para cá. Também o fato de que depois da pandemia, muitas universidades concorrentes pensaram em não manter alguns cursos presenciais, ficando 100% EAD (Ensino à Distância) e a USCS manteve os seus 59 cursos presenciais. E também as pesquisas que também foi outro fator”, justifica Prearo.

Newsletter RD

A Universidade vem passando por diversas ampliações como no caso do Campus Itapetininga, no interior de São Paulo, que ganhará um novo prédio para abrigar os alunos de Medicina. As obras começam no dia 26 de abril e a expectativa é que o novo local esteja pronto em janeiro de 2025, assim recebendo os alunos que vão entrar no quarto ano de graduação.

Ainda neste Campus, inaugurado em 2021, existe a possibilidade do aumento de cursos com a entrada de Engenharia Agrônoma, Veterinária e Odontologia, todos eles com alta demanda na região.

Fora da corrida eleitoral de São Caetano, Prearo foca seus esforços na universidade e já visa um novo mandato na reitoria (Foto: Reprodução/RDtv)

Em São Caetano, a antiga loja das Casas Bahia, na região central, será uma extensão do Campus Centro. Além disso, há o investimento federal de R$ 10 milhões para emplacar a sede do projeto de inovação Inova USCS.

Além dos investimentos da Universidade, também há uma parceria com a Prefeitura, principalmente na área da Saúde. A UBS Centro e o Pronto Cardio serão dois equipamentos que terão a presença de alunos da USCS realizando residência, assim como ocorre em outros equipamentos na rede municipal de Saúde.

Colégio

Outra aposta, feita em 2019, foi a criação do Colégio USCS. Com 1,7 mil alunos, o local celebra o aumento do número de estudantes que passaram nos mais diversos vestibulares como da USP (Universidade de São Paulo), Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo), Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e da própria Universidade Municipal de São Caetano do Sul.

Participação

O que Leandro Prearo deseja é uma maior participação das universidades municipais nos debates sobre a educação no Brasil. O reitor aponta que ainda existe uma tentativa de aproximação junto ao Governo Federal, principalmente levando em conta o aumento de investimentos em Institutos Federais, por exemplo. A ideia é que essa parceria possa resultar em mais investimentos na Educação, incluindo as universidades municipais. Atualmente são 50 pelo Brasil.

Receba notícias do ABC diariamente em seu telefone.
Envie a mensagem “receber” via WhatsApp para o número 11 99927-5496.

Compartilhar nas redes