Atlético-MG desembarca em Curitiba sem Diego Costa para a final da Copa do Brasil

A delegação do Atlético-MG desembarcou em Curitiba na manhã desta terça-feira para a finalíssima da Copa do Brasil, na noite desta quarta, na Arena da Baixada. O grupo mineiro viajou sem o atacante Diego Costa, desfalque quase certo para o segundo duelo contra o Athletico-PR.

O experiente jogador permaneceu em Belo Horizonte para seguir com o tratamento de um incômodo na coxa direita. Apesar disso, deve se unir ao grupo na quarta, para acompanhar de perto o segundo jogo da decisão. Mas sua presença em campo é quase descartada pela comissão técnica.

Ainda sem saber se seguirá no Atlético-MG em 2022, Diego Costa reclamou as dores musculares no primeiro jogo contra o time paranaense. Até saiu do jogo mais cedo. Para sua posição, o técnico Cuca deve escalar Vargas, compondo trio de ataque com Keno e Hulk. Vargas foi o substituto de Costa no jogo de ida, no fim de semana, e até marcou dois gols na vitória por 4 a 0, no Mineirão.

Cuca ainda não confirmou a escalação ou deu dicas sobre suas preferências. Mas poderia escalar ainda Nacho Fernández na vaga de Diego Costa. Uma possível escalação do Atlético teria Everson; Mariano, Igor Rabello, Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair e Zaracho; Hulk, Vargas e Keno.

O zagueiro Nathan Silva também não viajou com a delegação para o grande duelo desta quarta-feira. O jogador está gripado e ficará em repouso nesta terça. Porém, deve comparecer ao jogo para apoiar os companheiros de time. Ele não poderá ser escalado porque já defendeu o Atlético-GO nesta Copa do Brasil.

Como goleou o rival paranaense por 4 a 0 no jogo de ida, o Atlético Mineiro garante o título nesta quarta mesmo se perder por uma desvantagem de três gols. Se o Athletico-PR conquistar uma vitória por uma diferença de quatro gols, a Copa do Brasil será decidida nos pênaltis.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários