G20 reafirma compromisso com Acordo de Paris em comunicado após cúpula

Os países do G20 divulgaram um comunicado conjunto, nesta sexta-feira, 23, após a cúpula de ministros de energia e de meio ambiente sobre os desafios das mudanças climáticas.

A nota reafirma o compromisso do grupo com os termos do acordo climático de Paris de 2015, em que a comunidade internacional se comprometeu em empreender os esforços para limitar o aumento da temperatura global a 2ºC em relação aos níveis pré-industriais, preferencialmente 1,5ºC.

“Todos, da China à Índia, aos Estados Unidos, Rússia e países europeus, concordaram que, especialmente após a fase pandêmica, a transição energética para energias renováveis é uma ferramenta para o crescimento socioeconômico inclusivo e rápido”, ressalta o texto.

As nações acrescentaram que consideram o Acordo de Paris como o “farol” vinculativo para a COP 26, que ocorre em outubro em Glasgow, na Escócia. Isso inclui apoio à proposta prevista no pacto de fornecimento de US$ 100 bilhões em ajuda por ano a países em desenvolvimento, para contribuir com o combate aos efeitos das alterações do clima.

“Os países do G20 concordam em ajuda aumentada para países em desenvolvimento para que ninguém fique para trás”, ressalta.

Comentários