Embaixador dos EUA na UE é demitido após depor em impeachment de Trump

O embaixador dos Estados Unidos na União Europeia, Gordon Sondland, foi demitido nesta sexta-feira pelo presidente americano, Donald Trump, por ter aceitado ser testemunha do processo de impeachment contra o republicano, absolvido das acusações pelo Senado do país na última quarta-feira. Em depoimento, Sondland confirmou que solicitou à Ucrânia investigações que pudessem beneficiar o líder da Casa Branca nas eleições deste ano, e que suas ações seguiam uma orientação do governo.

“Sou grato ao presidente Trump por ter me dado a oportunidade de servir”, disse Sondland em comunicado, anunciando sua demissão. “Nosso trabalho aqui foi o destaque da minha carreira”. A Casa Branca se recusou a comentar a demissão.

Outra testemunha do processo de impeachment, o tenente-coronel do Exército Alexander Vindman, funcionário do Conselho de Segurança Nacional, também foi demitido.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários