Discurso de Bolsonaro foi ‘histórico’ e ‘próprio de estadista’, avalia Feliciano

Um dos principais aliados do presidente Jair Bolsonaro no Congresso Nacional, o deputado Marco Feliciano (Podemos-SP) elogiou o discurso do presidente na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas em Nova York e classificou a fala do mandatário como um “histórico pronunciamento”.

“Depois do histórico pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro no dia de hoje, próprio de um estadista, feito diante da Assembleia-Geral das Nações Unidas, nosso Brasil entrou definitivamente para o grupo das nações que ditam os rumos da humanidade! Viva o Brasil”, escreveu o parlamentar em sua página no Twitter.

Pastor evangélico, o deputado ressaltou o trecho em que o presidente defendeu o Dia Internacional do Missionário para lembrar os mártires da perseguição religiosa.

No discurso, o presidente do Brasil reiterou conceitos do “bolsonarismo” ao atacar o socialismo, o que ele classificou como “ambientalismo radical” e “indigenismo ultrapassado”. O líder brasileiro fez menção à França, país que esteve na linha de frente das críticas ao Brasil na questão da Amazônia.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários