Argentino se destaca em ranking da ATP e sobe 3 postos; Top 10 não sofre mudanças

Um tenista argentino foi o maior destaque da atualização do ranking da ATP, divulgada nesta segunda-feira, data da estreia do Aberto da Austrália. Na última lista antes do primeiro Grand Slam da temporada, Diego Schwartzman foi quem teve o melhor desempenho entre os 20 primeiros colocados ao subir da 19.ª para a 16.ª colocação. No Top 10, nada de mudanças com o sérvio Novak Djokovic na ponta, seguido pelo espanhol Rafael Nadal e pelo suíço Roger Federer.

Com a semifinal do ATP 250 de Sydney, na Austrália, Schwartzman subiu para 1.925 pontos e trocou de posição com o russo Daniil Medvedev, que estava em 16.º lugar e caiu para 19.º mesmo sendo vice-campeão do ATP 250 de Brisbane, também em solo australiano. Entre os dois estão o canadense Milos Raonic, na 17.ª posição, e o italiano Marco Cecchinato, na 18.ª.

Entre os 100 primeiros colocados, quem mais subiu na atualização desta segunda-feira foi o britânico Cameron Norrie, que galgou 25 posições e atingiu o 68.º lugar. O norte-americano Tennys Sandgren foi outro que se destacou ao ganhar 22 colocações – da 63.ª para a 41.ª posição. No entanto, no mesmo dia os dois foram eliminados logo na primeira rodada do Aberto da Austrália.

Na liderança, Djokovic segue soberano com 9.135 pontos – bem à frente de Nadal, que tem 7.480. Somente os dois lutam pelo posto de número 1 do mundo neste primeiro Grand Slam da temporada. Federer, em terceiro lugar, soma 6.420 pontos e tem na sua cola o alemão Alexander Zverev, com 6.385. O quinto é o argentino Juan Martín del Potro, que não está disputando o torneio em Melbourne.

BRASIL – Entre os tenistas brasileiros, a campanha no qualifying do Aberto da Austrália pouco rendeu. Número 1 do País, o cearense Thiago Monteiro subiu uma posição, para 126.ª com 449 pontos, ao parar na terceira e última rodada. O paulista Rogério Dutra Silva, que perdeu na estreia, caiu duas – para o 136.º lugar. Também derrotados no primeiro jogo, Thomaz Bellucci (em 225.º) e Guilherme Clézar (234.º) ganharam uma colocação cada.

Confira o ranking da ATP:

1.º – Novak Djokovic (SER) – 9.135 pontos
2.º – Rafael Nadal (ESP) – 7.480
3.º – Roger Federer (SUI) – 6.420
4.º – Alexander Zverev (ALE) – 6.385
5.º – Juan Martín del Potro (ARG) – 5.150
6.º – Kevin Anderson (AFS) – 4.810
7.º – Marin Cilic (CRO) – 4.160
8.º – Dominic Thiem (AUT) – 4.095
9.º – Kei Nishikori (JAP) – 3.750
10.º – John Isner (EUA) – 3.155
11.º – Karen Khachanov (RUS) – 2.835
12.º – Borna Coric (CRO) – 2.435
13.º – Fabio Fognini (ITA) – 2.315
14.º – Kyle Edmund (ING) – 2.150
15.º – Stefanos Tsitsipas (GRE) – 2.095
16.º – Diego Schwartzman (ARG) – 1.925
17.º – Milos Raonic (CAN) – 1.900
18.º – Marco Cecchinato (ITA) – 1.889
19.º – Daniil Medvedev (RUS) – 1.865
20.º – Nikoloz Basilashvili (GEO) – 1.820
126.º – Thiago Monteiro (BRA) – 449
136.º – Rogério Dutra Silva (BRA) – 410
225.º – Thomaz Bellucci (BRA) – 222
234.º – Guilherme Clezar (BRA) – 214

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários