Tag Archives: Euclides da Cunha

Homenagem a Euclides da Cunha dá tom político à Flip 2019

A escolha de Euclides da Cunha (1866-1909) como o escritor homenageado da 17ª Festa Literária Internacional de Paraty acabou guiando mais fortemente a curadora Fernanda Diamant na sua programação de estreia, anunciada na terça-feira, 14, em São Paulo – que promete um debate mais profundo sobre o Brasil, e mais …

Leia mais

Segredos da escrita de Euclides da Cunha

A obra de Euclides da Cunha (1866-1909) inspira estudos eternos. Próximo homenageado da Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip, que acontece em julho, o autor de Os Sertões apresenta uma radicalidade na literatura e cultura brasileiras. Sobre seu trabalho, debruçam-se diversos pesquisadores, como Francisco Foot Hardman, que coordena o …

Leia mais

Euclides da Cunha é o autor homenageado da Flip 2019

Engenheiro, militar, funcionário público, jornalista e autor de um dos maiores clássicos da literatura brasileira, Euclides da Cunha (1866-1909) será o escritor homenageado da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip 2019), a ser realizada de 10 e 14 de julho. A escolha tem a ver com a vontade de Fernanda …

Leia mais

A tragédia da morte de Euclides da Cunha

Uma tragédia grega, uma trama tecida pelos deuses. Foi assim que o cronista João do Rio definiu a morte do escritor Euclides da Cunha – história de amor, ciúmes, vingança e traição, ingredientes que fizeram o compositor João Guilherme Ripper transformá-la em ópera, Piedade, que ganha estreia paulistana nesta sexta …

Leia mais

Homenagens e eventos pelo Brasil lembrarão obra do escritor

Os 150 anos de nascimento de Euclides da Cunha vão merecer comemorações País afora. No sertão da Bahia, a cidade que ganhou o nome do escritor em 1938 descerrará placa hoje diante do Educandário Oliveira Brito. Euclides da Cunha também prevê várias homenagens e atividades culturais ao longo do ano. …

Leia mais

Viagem pela Amazônia foi parte final de odisseia de Euclides da Cunha

No final da vida, Euclides da Cunha era um homem angustiado, na faixa dos 40 anos, que não conseguia mais conviver com as pessoas na cidade e se achava um peixe-elétrico. Sua sensação, uma cena de literatura fantástica, aprofundou-se após viagem de cerca de um ano pelas selvas de Brasil …

Leia mais