Semasa anuncia meta de 20% para coleta seletiva

A construção da central foi feita com recursos federais por cerca de R$ 1 milhão. (Foto: Évora Meira)

Nesta terça-feira (03/02), foi inaugurada a Central de Triagem de Resíduos Recicláveis – Unidade Cidade São Jorge, em Santo André. A unidade, instalada em área do aterro sanitário, possui 1.055 m².

Segundo o superintendente do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), Sebastião Ney Vaz Junior, a expectativa é que as duas cooperativas (Cidade Limpa e Coopcicla) – que operam na central – ampliem a quantidade de material reciclado de 8% para 20%, até o final de 2016 na cidade. 

A construção da central foi feita com recursos federais por cerca de R$ 1 milhão. Como contrapartida, o município cedeu a área e comprou os equipamentos. No total, o investimento é em torno de R$ 2 milhões. Além disso, a central de triagem conta com 56 integrantes, com pretensão de ampliação para 160 trabalhadores em cada cooperativa.

Reúso

O Semasa e a Aquapolo Ambiental estão fechando uma parceria para ampliar a água de reúso no processo produtivo de indústrias de Santo André. A primeira reunião para apresentar a proposta a uma empresa está marcada para esta quinta-feira, com a Pirelli Pneus. Diante do déficit hídrico que atinge a Região Metropolitana de São Paulo, o Semasa tem a intenção de, com a medida, dispor cada vez mais da água potável – hoje usada pelas indústrias – para o consumo dos moradores. Em princípio, são 12 indústrias de Santo André que podem ser atendidas pela Aquapolo com a água de reúso. Do total de água consumida pelas empresas, estima-se que de 30% a 40% vão para a produção industrial.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários