Em Santo André, favela Gamboa chega ao fim

A área que vai ser desocupada tem 35 mil m² e será incorporada à Sabina, que fica ao lado do terreno.

A favela Gamboa, localizada no bairro Paraíso, em Santo André, será oficialmente desativada nesta sexta-feira (30). O prefeito Carlos Grana (PT) vai participar de ato que marca a saída da última família do local.

A área que vai ser desocupada tem 35 mil m² e será incorporada à Sabina, que fica ao lado do terreno. Durante o processo de remoção das famílias e dos barracos – que se arrasta há anos -, os escombros foram deixados de propósito no local para dificultar novas invasões.

A comunidade chegou a contar com mais de 800 famílias, que fizeram moradias abaixo de uma linha de transmissão da AES Eletropaulo, o que representava risco para os moradores.
A promessa de remoção de todas as famílias da favela Gamboa é antiga. Os ex-prefeitos João Avamileno (2002-2008), Aidan Ravin (2009-2012) e o próprio prefeito Carlos Grana chegaram a anunciar diversos prazos para dar fim à comunidade, sem conseguir cumprir a promessa.

As famílias retiradas serão beneficiadas com aluguel social ou apartamentos em conjuntos habitacionais construídos pela Prefeitura.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários