Big Riso, da MBigucci, comemora 10 anos

O trabalho do Big Riso é totalmente voluntário e gratuito e conta com todo o apoio da MBigucci, que dispensa, de forma escalonada, os funcionários por meio período do expediente (Foto: Divulgação)

O Big Riso – Programa de Responsabilidade Social da construtora MBigucci – comemorou 10 anos com festa

em agradecimento aos voluntários. O evento, uma festa à fantasia com tema circense, reuniu mais de 100 palhacinhos voluntários com direito à balada matinê, vídeo retrospectiva, homenagens, muitas guloseimas, apresentação da Cia. Sintonia do Riso e surpresas.

“Você é importante para nós e imprescindível para eles”, a frase logo na entrada da festa traduzia o carinho com que tudo foi preparado e dava as boas-vindas aos voluntários do Big Riso, que realizam um importante trabalho junto às crianças com câncer hospitalizadas.

“Ver que 10 anos depois já passaram pelo grupo mais de 300 voluntários e que já fizemos mais de 1.000 visitas, beneficiando mais de 8.000 crianças e adolescentes é realmente algo inexplicável. Mas é claro que tudo isso só aconteceu graças aos voluntários. Sem eles nada disso seria possível”, ressalta Roberta Bigucci, idealizadora do Big Riso e diretora administrativa da MBigucci. Para ela é muito gratificante ver um sorriso no rosto de alguém hospitalizado. “Saber que por alguns instantes o motivo de estar internado foi esquecido, é uma grande conquista pra nós, e essa é minha maior felicidade com esse trabalho voluntário”, completa Roberta.

Inspirado no filme “Patch Adams, o Amor é Contagioso”, interpretado pelo ator Robin Williams, o Big Riso recebeu uma grande homenagem durante a festa dos 10 anos, um vídeo com uma mensagem gravada pelo verdadeiro Patch Adams (dr. Hunter Doherty “Patch” Adams), médico norte-americano precursor da humanização nos hospitais: “Oi Roberta e amigos. Parabéns pelos seus dez anos sendo palhaços! Eu gostaria de estar aí me divertindo com vocês, mas agora estou indo para a Rússia como palhaço. É uma “invasão internacional”. Minha recomendação para vocês é: Por que tirar a roupa de palhaço? Por que não ser palhaço o tempo todo? Por favor amem o vocês fazem! Eu comemoro os seus dez anos! Patch Adams.”

Em 2008, a convite de Patch Adams, Roberta Bigucci viajou à Rússia com ele e um grupo de voluntários de vários países para levar alegria às crianças nos hospitais de lá.

História – O Big Riso nasceu da vontade e entusiasmo de Roberta Bigucci, que junto com as amigas Maria Cecília Freitas Denadai e Mônica Elaine Binda, exibiu o filme “Patch Adams, o Amor é Contagioso” para os colaboradores da construtora MBigucci, de São Bernardo. Pouco tempo depois, um grupo de colaboradores voluntários foi criado e a primeira visita ocorreu no dia 8 de novembro de 2004, no ambulatório de oncopediatria da Faculdade de Medicina do ABC. Desde então o Big Riso vem crescendo e espalhando amor e alegria nos hospitais, com o objetivo de ajudar a melhorar a qualidade de vida das crianças com câncer. Três vezes por semana, colaboradores da construtora MBigucci e voluntários externos se vestem de palhaços e visitam quatro hospitais/ambulatórios públicos: em Santo André, o Ambulatório da Faculdade de Medicina do ABC, a Casa Ronald McDonald e o Hospital Estadual Mário Covas; e em São Paulo, o Hospital do Servidor Público Estadual, na Vila Mariana.

O trabalho do Big Riso é totalmente voluntário e gratuito e conta com todo o apoio da MBigucci, que dispensa, de forma escalonada, os funcionários por meio período do expediente e também fornece a roupa e a pintura de palhaço e subsidia oficinas e palestras para os voluntários. Saiba mais em www.bigriso.com.br
 

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários