Metodista ganha oito novos cursos e mira Medicina

Márcio de Moraes, reitor da Universidade Metodista de São Paulo (Umesp).

Instituições de ensino interessadas em oferecer cursos de medicina em São Bernardo e Mauá aguardam com expectativa o MEC (Ministério da Educação) lançar os editais de concorrência nos dois municípios.

O processo tem como objetivo definir quais universidades terão o direito de implantar o curso em cada uma das cidades.

Em São Bernardo, uma das universidades que demonstraram interesse em concorrer é a Universidade Metodista de São Paulo (Umesp). A tradicional instituição, presente há mais de 70 anos na cidade, já oferece 13 cursos ligados à área da Saúde, como nutrição, odontologia, fisioterapia e psicologia.

Em entrevista exclusiva ao RDtv, o reitor da Metodista, Márcio de Moraes, disse acreditar que um dos diferenciais que pode pesar a favor da universidade é justamente o fato de a instituição já funcionar em São Bernardo há muitos anos, além da existência de uma estrutura já preparada para ensinar alunos da área da Saúde.

“O diferencial é em relação ao que nós conseguimos caminhar e trazer para São Bernardo na área da Saúde, que é qualidade. O curso de medicina será no mesmo padrão, senão melhor. Acredito também que seremos escolhidos por estarmos na região há muito mais tempo e também porque temos um programa de mestrado e doutorado na área da Saúde”, avalia o reitor.

A Metodista vai enfrentar concorrentes de peso, que já demonstraram interesse em fornecer o curso de medicina em São Bernardo, como a Mackenzie. Serão 100 vagas no total. Ainda não há previsão de quando o MEC vai lançar o edital.

Novos cursos
A partir de 2015 a Universidade Metodista passa a oferecer mais oito cursos, parte deles na área da Saúde. Três cursos são presenciais (Enfermagem, Engenharia de Produção e tecnólogo em Estética e Coméstica). Outros cinco são à distância (tecnólogo em Gestão Comercial, Gestão de Seguros, Gestão Portuária, Jogos Digitais e Segurança Púbica).

“Procuramos manter nosso portfólio de cursos atualizados. A exigência do mercado na área da Educação muda constantemente”, explica o reitor Márcio de Moraes. Os cursos que formam tecnólogos duram entre 2 anos e 2 anos e meio.

Inscrições
As inscrições para o processo seletivo podem ser feitas até o dia 14 de novembro.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários