David Schimitd propõe Código de Defesa do Eleitor

O candidato a deputado estadual pelo PMDB, David Schimitd, elegeu como carro-chefe desta campanha a criação do Código de Defesa do Eleitor.

O objetivo é que o eleitorado ganhe uma ferramenta a mais para cobrar de forma efetiva as promessas feitas por postulantes a cargos públicos – desde vereador até presidente da República.

Schimitd propõe que o candidato eleito seja obrigado a cumprir os compromissos de campanha, sob o risco de ser punido.

“Candidato que na época da eleição fizer a sua proposta e não ter uma justificativa plausível para descumprir a promessa vai ficar inelegível na próxima eleição. É uma maneira de a gente se proteger contra a propaganda enganosa dos políticos”, afirma.

A proposta de Schimitd esbarra, no entanto, em um detalhe: Cabe ao Congresso Nacional, e não à Assembleia Legislativa, aprovar um projeto desses.

“Quem tem realmente a capacidade e a competência para aprovar é o Congresso. Vamos fazer isso através de uma Lei de Iniciativa Popular, vamos colher as assinaturas necessárias em temo necessário. Temos compromisso de alguns deputados federais que receberão essa lei”.

Perfil
Filho de policial militar, David Schimitd se mudou com os pais para Diadema na década de 60. Virou PM na década de 80 e deixou a corporação 12 anos depois, para fundar uma empresa se segurança.

Em 2008, assumiu a secretaria de Abastecimento de Diadema, durante a gestão Mário Reali (PT).

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários