ABC - terça-feira , 23 de julho de 2024

Peeling de Fenol: influencer abandona entrevista ao ser questionada sobre substâncias usadas

A responsável pelo tratamento e dona da clínica em São Paulo onde Henrique Chagas, de 27 anos, morreu na segunda-feira passada, dia 3, após a realização do procedimento estético chamado peeling de fenol, abandonou entrevista que concedia ao programa Fantástico, da TV Globo no domingo, 9, após ser questionada pela repórter Giuliana Girardi sobre as substâncias usadas no procedimento realizado. Natália Becker não tem formação de esteticista e aprendeu a técnica em um curso online.

Ainda conforme a exibição, em outro momento, ela ficou em silêncio e citou que estava um pouco nervosa. “É, estou um pouco nervosa”, disse. Em seguida, rapidamente, o marido e a advogada de Natália, que não aparecem na imagem, interromperam a entrevista. “Não vamos falar essas partes bem técnicas”, completou a advogada. A pergunta não foi respondida.

Newsletter RD

O Fantástico questionou ainda Natália sobre desde quando esse procedimento era realizado. Ela disse que desde dezembro do ano passado. Em seguida, veio a pergunta sobre as substâncias usadas. “Essas coisas eu não quero falar. Já dei meu depoimento falando certinho. Eu não quero mais dar entrevista”, disse Natália, no momento em que se levanta.

Conforme o programa, a advogada dela pediu que essa primeira parte da entrevista não fosse ao ar, solicitação que não foi atendida pelo dominical da Globo.

“O Fantástico avaliou o pedido, mas entendeu que a exibição dessa parte da entrevista contém informações relevantes e de interesse público. Por isso, a exibição foi mantida. A decisão está alinhada com os Princípios Editoriais do Grupo Globo, que baliza o trabalho dos jornalistas da Globo”, disse a emissora.

“Segundo os princípios, concedida uma entrevista exclusiva, uma fonte pode pedir alterações, acréscimos ou supressões, mas o jornalista julgará se o pedido se justifica. Haverá vezes em que o jornalista não concordará com a mudança, sendo, nestes casos, necessário registrar que a mudança foi solicitada, mas não aceita”, acrescentou ainda o Fantástico, em nota veiculada dentro da matéria.

Na segunda parte da entrevista, Natália comentou sobre o que aconteceu na clínica, desde a chegada de Chagas para o procedimento até a ocorrência da morte dele. “Eu liguei para o Samu. Todo mundo ficou desesperado. Foi bem difícil. Fui fazendo as manobras e o meu marido chegou. Nunca fiz nada para prejudicar ninguém. Foi uma fatalidade”, disse ela.

Câmeras de segurança

Imagens do monitoramento de segurança mostraram todos os momentos em que Chagas permaneceu na clínica para realizar o procedimento estético. O Fantástico também exibiu imagens que mostram desde o momento em que Chagas chega ao local até a hora em que o Samu é acionado e se dirige ao estabelecimento para tentar socorrê-lo. “Ele agarrou o meu braço, arregalou os olhos, travou a respiração e ali ele já saiu fora de si”, lembrou Marcelo Camargo, companheiro da vítima.

Natália e a assistente tentaram reanimar o paciente por meio de manobras orientadas pelo Samu. Os batimentos cardíacos de Chagas também já não estavam mais sendo captados por um aparelho usado pela dona da clínica. “Foram cenas bem fortes; fiquei traumatizada”, disse ainda Natália em entrevista à emissora. Após a chegada do Samu, por volta das 13h30, a influencer não foi mais vista na sala.

Andamento das investigações

Natália prestou depoimento à polícia dois dias depois do caso, na quarta-feira, 5. Ela foi indiciada por homicídio com dolo eventual, quando não há intenção de matar.

O marido dela, também sócio da clínica, disse à polícia que o peeling de fenol é um procedimento simples e que não exige exames prévios. O preparo, segundo ele, é feito no dia, com a limpeza do rosto e aplicação de anestésico antes do fenol. Por ser ácida, a substância causa descamação da pele.

“A polícia entende, neste momento, que foi cometido o crime de homicídio doloso, não pelo fato de a autora ter tido vontade do resultado, mas por ter aceitado o risco de ter produzido a morte”, disse o delegado Eduardo Luiz Ferreira. A defesa de Natália disse, na semana passada, que aguarda o laudo dos exames que determinarão a causa da morte do empresário.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) alerta que o peeling de fenol em áreas extensas da face é um procedimento estético invasivo, considerado agressivo. Segundo a entidade, deve ser realizado por médicos dermatologistas habilitados, em ambiente hospitalar e com o paciente anestesiado, além de contar com monitoramento cardíaco.

Em depoimento, o namorado de Chagas disse que o companheiro queria limpar manchas na pele e vinha pesquisando havia alguns meses sobre a técnica. Foi por meio do Instagram da clínica, que tinha mais de 230 mil seguidores, e vendo fotos que mostravam o “antes e depois” dos procedimentos feitos por Natália, que Chagas definiu que este seria o lugar onde faria o peeling de fenol, explicou Camargo.

A causa da morte de Henrique Chagas ainda é investigada pela polícia, que aguarda os exames toxicológico e anatomopatológico para saber se o uso do fenol provocou, de fato, o óbito do empresário.

Receba notícias do ABC diariamente em seu telefone.
Envie a mensagem “receber” via WhatsApp para o número 11 99927-5496.

Compartilhar nas redes