ABC - quarta-feira , 19 de junho de 2024

Tarcísio busca alternativa para iniciar Linha 20-Rosa pelo ABC

Em agenda para entrega de apartamentos populares em São Bernardo, nesta terça-feira (28/05), o governador Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos) relatou que busca resolver a questão do terreno que receberá um dos pátios da linha 20-Rosa e assim iniciar a obra pelo ABC. Além disso, o chefe do Executivo relatou sobre os encaminhamentos para repasses na área da Saúde e sobre as câmeras corporais para os policiais militares, garantindo que o edital estadual está seguindo as diretrizes do Ministério da Justiça.

Nesta quarta-feira (29/05), o Governo do Estado vai lançar o programa SP Trilho, que visa englobar todas as obras e projetos previstos para os próximos anos, entre eles, a linha 20-Rosa (Santa Marina/Santo André). Tarcísio confirmou a tentativa de garantir que o início da obra seja feito por Santo André e não pela Capital, como se esperava.

Newsletter RD

“Nós poderíamos ter diversas linhas de abordagem para a linha 20 começar pelo ABC. Qual é a questão de começar a linha 20 pelo ABC? É a questão de pátio. Então precisamos arrumar uma área para construir o pátio no ABC e é exatamente isso que estamos fazendo para que então a gente possa começar (a obra), fazendo conexões de linhas que já operam, aí gerando receita e paulatinamente estendendo a linha. A nossa ideia é começar pelo ABC e depois chegar no centro da cidade de São Paulo”, explicou.

Na proposta apresentada nas audiências públicas referentes a busca pelas licenças ambientais, o projeto apresentava um pátio em um terreno ao lado do Terminal Rodoviário Santo André e da estação Prefeito Celso Daniel-Santo André, da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Não houve o detalhamento sobre os motivos para a não resolução sobre este pátio.

Saúde

Questionado sobre a possibilidade da Prefeitura de Mauá ter demorado para enviar o plano de ação para o Hospital Nardini, o governador apenas reforçou que toda a negociação será finalizada em breve com o repasse (Foto: Governo do Estado de São Paulo)

Questionado sobre os repasses para a área da Saúde na região, Tarcísio informou sobre a possibilidade de São Bernardo receber um valor acima dos R$ 150 milhões repassados no ano passado.

“Vai ter repasse nesse ano, provavelmente em um montante até maior, porque nós estamos incorporando mais leitos. Temos que entender que o papel que São Bernardo faz. Se pegarmos as unidades de São Bernardo, nos leitos de média e alta complexidade, eles fazem um papel de hospital estadual por atender todos os municípios do ABC. Então temos que dar condição ao município para fazer o custeio dessas unidades”, disse o governador.

Sobre o Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini, em Mauá, Tarcísio afirmou que falta apenas finalizar o plano de ação para que o valor seja liberado, algo que considera que vai acontecer em breve. Também há intensão de repassar valores de custeio para o Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André.

Câmeras corporais

Questionado sobre as diretrizes do Ministério da Justiça sobre as câmeras corporais para os policiais militares, o governador garantiu que o edital estadual divulgado há alguns dias contempla tudo o que foi definido pelo Governo Federal. Tarcísio Gomes de Freitas apontou que a ideia é focar na relevância do material que será produzido.

Segundo o chefe do Executivo paulista, as câmeras vão funcionar o tempo todo, porém, só vão registrar as imagens quando houver alguma ação policial, independente de tamanho. A ideia é que o acionamento seja feito de maneira manual pelo policial ou de maneira automática através de um sistema.

Com o acionamento, o registro começa a ser feito 90 segundos antes e termina com o final da ação, assim armazenando menos arquivos e focando diretamente no que estava acontecendo na ocorrência.

Receba notícias do ABC diariamente em seu telefone.
Envie a mensagem “receber” via WhatsApp para o número 11 99927-5496.

Compartilhar nas redes