ABC - quarta-feira , 19 de junho de 2024

Tabilo, 32º do mundo, elimina Djokovic no Masters 1000 de Roma: ‘É inacreditável’

O chileno Alejandro Tabilo protagonizou a grande surpresa deste domingo no Masters 1000 de Roma ao vencer o hexacampeão Novak Djokovic por 6/2 e 6/3 em apenas 68 minutos e avançar às oitavas de final. Tabilo, 32º do ranking, aproveitou o desempenho atípico do número um do mundo no Foro Itálico.

Tabilo quebrou o saque do sérvio quatro vezes e não enfrentou nenhum break point no caminho para a vitória em sua primeira partida contra o líder do ranking. “Acho que todos que estiveram envolvidos na minha carreira e minha família não conseguem acreditar agora”, disse o chileno. “Eles basicamente me enviaram mensagens antes da partida como ‘Você fez um ótimo trabalho e é inacreditável que você tenha chegado tão longe’. Ainda estou tentando processar tudo. É uma sensação louca.”

Newsletter RD

Tabilo avançou às oitavas de um Masters 1000 pela segunda vez na carreira, depois de alcançar essa fase em Indian Wells em 2023. O próximo adversário do chileno em Roma será Karen Khachanov, que derrotou Francisco Cerundolo por 6/2 e 6/4. A vitória sobre Djokovic dá sequência à boa fase de Tabilo. O tenista canhoto de 26 anos ergueu seu primeiro troféu de primeira linha na abertura da temporada em Auckland (Nova Zelândia) e chegou à final no Torneio de Santiago, em fevereiro.

A derrota em Roma deixa Djokovic ainda em busca de seu primeiro título na temporada. Aos 36 anos, o recordista de títulos de Grand Slam (24) defende a conquista de 2023 em Roland Garros. “Não consegui encontrar nenhuma sensação boa em quadra hoje”, afirmou o sérvio. “Estava totalmente fora de sintonia.”

THIAGO WILD CAI NAS DUPLAS
Ao lado do argentino Sebastian Baez, o brasileiro Thiago Wild foi eliminado pelo holandês Wesley Koolhof e pelo croata Nikola Mektic por 6/4 e 6/2 nas oitavas de final da chave de duplas do torneio italiano. Koolhof e Mektic formam a parceria cabeça de chave número 7 do evento.

Com a eliminação de Wild, o único brasileiro sobrevivente na chave de duplas é Rafael Matos, que atua ao lado do argentino Andres Molteni. Eles estão na oitavas de final e enfrentam os principais favoritos ao títulos, a parceria número um do mundo, formada pelo espanhol Marcel Granollers e pelo argentino Horacio Zeballos.

Receba notícias do ABC diariamente em seu telefone.
Envie a mensagem “receber” via WhatsApp para o número 11 99927-5496.

Compartilhar nas redes