ABC - quarta-feira , 17 de julho de 2024

ABC segue sem vacina bivalente para adultos; previsão é ter ainda em maio

São Bernardo ainda possui doses destinadas ao público infantil (Foto: Ricardo Cassin/PMSBC)

Desde março o ABC enfrenta escassez de vacinas bivalente, que garante a imunização contra as novas variantes do coronavírus. Sem a vacina para adultos, a previsão é que o recebimento de novos lotes chegue ainda em maio.

De acordo com o ofício circular nº 120/2024/SVSA/MS Brasília, emitido em 17 de abril, após a aprovação regulatória da vacina em dezembro de 2023, o processo de aquisição dos imunizantes foi imediatamente iniciado. Todo o País aguarda a entrega das doses pelo Ministério da Saúde, que, de acordo com o documento, está em fase final de aquisição.

Newsletter RD

A Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo informa que nos meses de fevereiro, março e abril houve déficit nos repasses dos imunizantes Pfizer Bivalente e Pediátrica por parte do órgão federal, em relação ao que foi solicitado pelos Grupos de Vigilância Epidemiológica (GVEs) do Estado.

Em abril, foram requisitadas 200 mil doses do imunizante Pfizer Pediátrica contra a covid-19, o Estado recebeu apenas 121,5 mil. Quanto à Pfizer Bivalente, foram solicitadas 400 mil doses, contudo, nenhuma foi repassada. Porém, todas as quantidades requisitadas da Pfizer Baby foram recebidas.

O Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) enfatiza que o Estado de São Paulo não dispõe de estoque da vacina bivalente e que, quando recebidas as doses do Programa Nacional de Imunizações (PNI), a SES procederá com o envio para as diversas regiões do Estado.

Região desabastecida

São Bernardo possui estoque das vacinas infantis Pfizer baby/pediátrica e CoronaVac, porém a bivalente destinada a adultos está em falta desde março, data do recebimento do último lote. A Prefeitura acredita que, após a normalização dos estoques, todas as unidades básicas de saúde (UBSs) serão reabastecidas.

Diadema, São Caetano, Santo André e Ribeirão Pires também confirmaram a ausência dos imunizantes em suas redes municipais, e não há previsão para chegada de um novo lote de imunizantes.

Mauá e Rio Grande da Serra não responderam até a publicação desta matéria.

Receba notícias do ABC diariamente em seu telefone.
Envie a mensagem “receber” via WhatsApp para o número 11 99927-5496.

Compartilhar nas redes