‘BBB 22’: Paulo André está na final do programa; confira a trajetória

Paulo André esteve em quatro paredões ao longo do BBB 22 (Foto: Divulgação/Globo)

O Big Brother Brasil 22 chegou a sua grande final e, na casa, restam três participantes do camarote. É a primeira vez que três homens são os últimos a deixar o programa, inclusive são muito amigos.

Paulo André é o mais jovem da atração, com 23 anos. Ele entrou acostumado a ter uma grande torcida: PA foi convidado para o camarote depois de ser um dos finalistas nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Ao entrar na casa, o atleta gerou um debate sobre a participação de atletas em reality shows e expôs a labuta que os esportistas brasileiros, mesmo que reconhecidos internacionalmente, ainda enfrentam para seguir carreira.

Antes do BBB, ele recebia a Bolsa Atleta – um estímulo do governo federal para que campeões consigam se dedicar com exclusividade ao treinamento – um valor inferior a R$ 2 mil mensais. Assim que teve a participação confirmada no programa, o governo comunicou o corte da bolsa de Paulo André.

O treinador e pai de PA, Carlos Camilo, que representou o Brasil em competições na década de 80, contou que eles desenvolveram juntos uma rotina de treino para que o atleta conseguisse manter a forma e o desempenho ao sair de casa. A equipe de Paulo André também se posicionou, falando que ele já possui competições agendadas para o segundo semestre de 2022 e não deve abandonar a carreira no atletismo depois do reality.

“É uma pena, a gente fica desesperado. Antes do programa, ninguém conhecia o PA. Ele está dando visibilidade para o atletismo. E está treinando lá dentro. Eu preparei uma lista de exercícios adaptando para aquela realidade”, contou Carlos Camilo.

O brother menos cotado para deixar a casa

Paulo André esteve em quatro paredões ao longo do BBB 22, em todos eles, foi o menos rejeitado pelo público. A estreia na berlinda foi no quinto paredão, que eliminou Brunna Gonçalves, com 76,18% dos votos. Paulo André recebeu apenas 1,58%.

No décimo paredão, ele enfrentou o brother Lucas, ao lado de um dos seus maiores aliados na disputa: Pedro Scooby. PA recebeu 4,41% dos votos, sendo mais uma vez o menos votado.

Depois de eliminar Lucas, PA foi mais uma vez para o paredão, agora com Eslô e Douglas Silva. No 11º, ele recebeu apenas 1,19% dos votos, contra 80,74% de Eslovênia e 10,07% de DG.

Em seu último paredão no jogo, mais uma vez PA não chegou aos 5% dos votos: Natália Deodato foi eliminada com 83,43% dos votos, Gustavo Marsengo recebeu 14,3% e Paulo André apenas 2,27%, se consagrando com o menor porcentual de votos para eliminação em toda a edição.

Três vezes líder

Paulo André esteve por três vezes na posição mais desejada entre os brothers: na sexta disputa pela liderança, após sete horas de resistência, ele e Pedro Scooby venceram a prova do líder onde PA conquistou sua primeira liderança.

A décima segunda vitória foi numa prova de agilidade e velocidade. Paulo André foi o mais rápido e conquistou mais uma vez a liderança, dessa vez sozinho, numa final contra Arthur Aguiar e Gustavo.

A última liderança da disputa também foi de Paulo André: em mais uma prova de agilidade, o corredor mostrou do que o seu físico de atleta é capaz. Ele garantiu a primeira vaga na final do reality show.

Anjo

Paulo André foi anjo duas vezes na edição. Na primeira, dividiu o poder da imunização com Pedro Scooby e eles decidiram que Douglas Silva não merecia estar no paredão.

Na segunda vez que conseguiu o anjo, Paulo André entrou na prova decidido a imunizar Arthur Aguiar. Ele havia disputado uma prova de resistência e perdeu a liderança para Linn da Quebrada. Para que o amigo não corresse o risco de ir para a berlinda, PA conseguiu a liderança para Arthur.

“É para uma pessoa que, desde o início, tinha a missão de sempre protegê-la e as pessoas que a rodeavam. Tivemos uma semana atípica, de não vencer provas, e botei em risco essa pessoa, e não quero que ela tenha essa dificuldade.”

Provando que também sabe ser malvado, ele deu o castigo do monstro para Eslô e Lucas, que estavam no VIP e foram para a xepa.

A visibilidade do atleta

A visibilidade no programa fez Paulo André sair de 78 mil seguidores no Instagram e saltar para os 7,6 milhões. Agora ele já possui uma série de patrocinadores e a bolsa de menos de R$ 2 mil pode se transformar num montante de R$ 1,5 milhão, caso ele seja o grande vencedor do reality.

Desde a sua primeira semana na casa, o rapaz foi eleito como um galã da edição pelo público, chamando a atenção dentro e fora da casa. Arrancou suspiros de Bárbara, Linn da Quebrada, recebeu uma declaração de amor de Jessilane Alves e viveu um romance com Jade Picon. Até a Anitta quis entrar na disputa.

Comemorou em todas as festas, priorizou a diversão, abriu até mesmo mão de uma liderança, depois de 18h numa prova de resistência, para que Linn da Quebrada pudesse viver a experiência.

Linna, com quem ele viveu uma das maiores disputas dentro do jogo: se um ganhasse a liderança, era certeza da indicação do outro, uma disputa respeitosa e saudável.

De sorriso sempre aberto, ele dividiu com os colegas o seu amor pelo filho, ‘PAzinho’, ganhou um carro para a mãe pagar de patroa e mostrou o verdadeiro significado da palavra lealdade aos amigos, ressignificou o romantismo e se divertiu até o fim.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários