UE: empresas afetadas por sanções à Rússia poderão ter ajuda de até 400 mil euros

A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia (UE), anunciou nesta quarta-feira (23/03) que empresas do bloco afetadas por sanções impostas à Rússia poderão receber ajuda estatal de até 400 mil euros e compensação equivalente a até 30% dos custos de energia, segundo regras temporárias estabelecidas pela UE para lidar com a crise gerada pela guerra na Ucrânia.

Valores de até 35 mil euros poderão ser concedidos a empresas dos setores de agricultura, pesca e aquacultura. Em todos os demais setores, o auxílio poderá chegar a 400 mil euros.

No caso do esquema de compensação pela energia mais cara, o montante por empresa não poderá ultrapassar 2 milhões de euros. Essa medida vai beneficiar fabricantes de alumínio e outros metais, fibras de vidro, celulose, fertilizantes, hidrogênio e outros produtos químicos básicos.

“Essas sanções também têm impacto na economia europeia e continuarão tendo nos próximos meses”, disse a vice-presidente da Comissão, Margrethe Vestager, em comunicado. “Precisamos mitigar o impacto econômico dessa guerra e apoiar as empresas e setores fortemente afetados”, acrescentou. As regras temporárias ficarão em vigor até o fim do ano.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários