Tribunal de Haia: Rússia deve suspender operações na Ucrânia imediatamente

O Tribunal Penal Internacional (TPI), em Haia, na Holanda, determinou nesta quarta-feira, 16/3, que a Rússia deve suspender imediatamente suas operações militares na Ucrânia. A votação foi de 13 votos a dois.

Com a mesma proporção de votos, o Tribunal afirmou que a Rússia deve garantir que quaisquer unidades militares ou irregularmente armadas, assim como indivíduos e organizações que podem ou não ser apoiados e estar sob controle do governo, não avancem nas operações militares em território ucraniano.

Ambas as partes do conflito, Moscou e Kiev, devem evitar qualquer ação que possa agravar ou prolongar o conflito ou que o torne mais difícil de resolver, afirmou Haia.

A condenação tem sobretudo um peso diplomático. O presidente ucraniano, Volodymyr Zelesnky, comemorou a decisão e disse que seu país ganhou “uma vitória completa” em seu caso contra a Rússia.

“O TPI ordenou que a Rússia pare imediatamente a invasão. A ordem é vinculativa sob o direito internacional”, escreveu o líder. “A Rússia deve cumpri-la imediatamente. Ignorar a ordem isolará ainda mais a Rússia.”

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários