Tereza Cristina: sairei do Ministério com a sensação do dever cumprido

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que vai sair do Ministério da Agricultura “com a sensação do dever cumprido”. Ela terá de deixar a pasta em 1º de abril para concorrer às eleições em 2022 – a princípio, como senadora em seu Estado natal, Mato Grosso do Sul, embora haja especulações de que possa ocupar a posição de vice-presidente na chapa à reeleição do presidente Jair Bolsonaro.

Tereza Cristina confirmou ao ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, que sairá da pasta para concorrer às eleições este ano, mas não especificou para qual cargo. Ela participa de live promovida pelo FGV Agro no início da noite desta quarta-feira, 9.

Durante a live, Tereza Cristina fez um balanço das atividades que cumpriu na sua gestão, como Fiagro, recursos para o Plano Safra, análise dinamizada do Cadastro Ambiental Rural (CAR), entre outros, e garantiu que, na safra 2022/23, que se inicia oficialmente em 1º de julho, vai buscar mais recursos para a subvenção ao prêmio do seguro rural que, na atual safra, não alcançaram R$ 1 bilhão – ficando nos R$ 990 milhões.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários