Anvisa investiga suspeita de surto de Covid em 3º navio de cruzeiro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) investiga suspeita de casos de Covid-19 em um terceiro navio de cruzeiro na costa brasileira, desta vez na Região dos Lagos, no estado do Rio, o MSC Preziosa. No final de 2021, dois outros navios, o MSC Splendida, em Santos, e o Costa Diadema, na Bahia, tiveram surtos da doença.

A empresa responsável pelo MSC Preziosa confirma os casos de Covid-19 em nota à imprensa, mas afirma que são poucos infectados. “Identificamos um pequeno número de casos de Covid-19 entre as pessoas que estão a bordo do MSC Preziosa, que representa 0,6% do total da população a bordo”, destaca a nota, ressaltando que os infectados têm sintomas leves ou são assintomáticos.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o MSC Preziosa, que chegou ao Rio neste domingo (2), tem ao menos 20 casos confirmados de coronavírus confirmados.

A Anvisa já recomendou ao governo a suspensão provisória da temporada de cruzeiros no País, por conta dos surtos de Covid-19 e a chegada da nova variante, a Ôminicron. O Ministério da Saúde informou no sábado, 1, que “avaliará as medidas cabíveis” a serem tomadas.

Os dois cruzeiros que tiveram surtos da doença na virada do ano registraram mais de 100 casos. No dia 31, a Anvisa informou que interrompeu as atividades do Costa Diadema, após identificar 68 casos de Covid-19 entre passageiros e tripulantes. A embarcação estava atracada no Porto de Salvador. A viagem terminaria nesta segunda-feira, 3, no Porto de Santos. O MSC Splendida, em Santos, também teve seu cruzeiro interrompido devido ao surto da doença.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários