USCS adota ensino híbrido para cursos a partir de agosto

Desde o início, a pandemia da covid-19 tem impactado diversos aspectos na vida da população. Embora tenha apresentado consequências muito ruins, além do psicológico afetado e economia retraída, o cenário serviu para uma quebra de paradigmas para novos aprendizados e mudanças que serão vistas ao longo do tempo, mesmo após o fim do isolamento social. Na educação, essa mudança se dá pelo intenso uso de ferramentas on-line no auxílio do aprendizado, com ensino híbrido, formato que a USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) planeja incluir na grade curricular.

A novidade é que a universidade vai trazer os cursos presenciais para a versão híbrida. A mudança começa já em agosto com a Escola de Negócios, como os cursos de administração, contabilidade e economia, além de cursos tecnológicos. O salto continua em 2022, com a oferta do híbrido em mais outras áreas, como a Escola de Saúde e Escola da Indústria Criativa.

Em entrevista ao RDtv nesta quarta-feira (9/6), o pró-reitor de Inovação em Ensino, Nonato Assis de Miranda, também discorreu sobre as maiores mudanças dadas as circunstâncias do momento atual. O educador conta que a repentina alteração do ensino presencial para o remoto trouxe impacto significativo na vida dos estudantes. “Os impactos vão desde a questão da aprendizagem, a gestão do tempo de estudo até aspectos psicológicos”, explica.

No entanto, o pró-reitor explica que, ao forçar uma adaptação, o momento também serviu para aceleração de processos no ensino. “Aprendemos muito em tempos de crise. Por mais complexos que os processos possam ser, eles nos forçam a uma adaptação de novos contextos e realidades. Se tínhamos uma certa resistência ao home-office, muitas empresas passarão a consolidar o trabalho remoto”, aponta. Nonato ainda destaca que, à medida que trabalham remotamente, os profissionais também podem produzir tanto quanto ou ainda melhor que em seu local de trabalho.

Embora na USCS o ensino funcione de forma síncrona, com as aulas lecionadas ao vivo e interações em tempo real, o profissional acredita que a mesma avaliação se aplica ao ensino a distância. “O aluno também teve de aprender a lidar com essa situação, embora boa parte dos estudantes tivesse maior facilidade para se acostumar”, diz. Segundo o educador, a situação já é mais tranquila com a maior adaptação ao ensino remoto. “É uma realidade no contexto corporativo e também no campo educacional”, declara.

Com isso, o professor enxerga a introdução à perspectiva híbrida como uma tendência a ser seguida futuramente. “Será um processo novo para todos, mas em razão desse período já houve um processo de acomodação. Não teremos a substituição do ensino presencial para o remoto, mas passaremos a ter a implementação das tecnologias digitais nesse processo”, explica. Nonato afirma que as redes sociais têm sido úteis nesse período de emergência e certamente poderão ser vistas como grandes recursos de ensino e aprendizagem para os próximos anos.

 Preparação de docentes

Nonato Assis afirma que a Universidade tem feito preparação dos professores com grande investimento na inserção de novas tecnologias. “Buscamos fazer com que o estudante seja atendido com base a uma nova perspectiva de ensino e visamos uma aprendizagem mais efetiva, ativa e coerente com os novos tempos que estão por vir”, detalha.

Uma novidade para o próximo semestre será a busca por uma nova roupagem para a grade curricular dentro das novas concepções de mercado. Após revisitada, a grade – disponível no Portal (clique aqui) – apresenta cursos atualizados, com uma parte já pensada no modelo híbrido. “Consideramos o fim da pandemia e pensamos em cursos que podem se adaptar para o novo contexto. Na modalidade remota, os cursos tecnológicos estão bem mais atualizados”, conta ao citar, ainda, os novos cursos com com modalidade à distância, como Gestão Financeira, Gestão em RH e Gestão em Processos Gerenciais.

Há também um curso rápido para professores que queiram cursar a pedagogia. “Não tem vestibular, é um curso de 15 meses, ofertado na perspectiva a distância e focaliza exatamente essas pessoas”, explica. O pró-reitor acredita que o curso atenderá muitos, em especial, profissionais das secretarias municipais do ABC. As inscrições estão abertas. (Colaborou Gustavo Lima)

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários