Ministros da OCDE lançam iniciativa para apoiar viagens internacionais seguras

Ministros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) apoiaram uma nova iniciativa para promover viagens internacionais com segurança diante da pandemia da covid-19, durante reunião anual em Paris, informa a própria entidade em comunicado.

A iniciativa envolve diretrizes para viagens seguras e um fórum internacional temporário para compartilhamento de conhecimentos nessa frente em tempo real. O uso dessas alternativas é algo voluntário, diz a nota.

A OCDE comenta que os voos internacionais de passageiros recuaram “cerca de 75%” em 2020, com o turismo internacional em baixa de “cerca de 80%”.

Para a média dos países da OCDE, antes da pandemia, o turismo contribuía com 4,4% do PIB, 6,9% do emprego e 21,5% das exportações de serviços, mas essas parcelas são bem mais elevadas em alguns países, como Grécia, Islândia, México, Portugal e Espanha, lembra o comunicado.

Nesse contexto, da OCDE diz que a nova iniciativa ajudará a reduzir a incerteza e a complexidade e a permitir que países se preparem de modo mais eficaz para o retorno dos voos e do turismo internacional em condições seguras.

Comentários