Procon Consórcio ABC terá canal de atendimento prioritário para casos da Enel

Diadema lidera reclamações na região (Foto: Divulgação/Consórcio ABC)

O Procon Consórcio ABC vai lançar um canal prioritário para o atendimento de consumidores das sete cidades em casos de reclamações sobre o aumento nas contas da concessionária de energia Enel.  iniciativa, A resultado da parceria entre Procon-SP e Procons Municipais, beneficia os moradores de Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

Conforme acordado entre Procon-SP e Enel, contas com aumento acima de 30% vão ser auditadas e a Enel será notificada para que esclareça os cálculos e informe como chegou ao valor final da conta. Constatado erro no faturamento, a empresa deverá retificar a fatura e enviar uma conta com os valores corretos, sem cobrança de multa ou juros. As irregularidades verificadas nas contas serão encaminhadas para a fiscalização e poderão gerar multa para a Enel.

Para os casos em que, após análise, ficar constatado que o valor está correto, a Enel irá oferecer em até 12 vezes no cartão de crédito, sem juros. No pagamento por meio de boleto, a concessionária atualmente permite o parcelamento em até oito vezes, mas está preparando seus sistemas para poderem parcelar em até dez vezes. Outra medida é que não haverá cortes de energia em unidades residenciais por falta de pagamento até 31 de julho, conforme definido em resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O diretor de Relações Institucionais do Procon-SP, João Bôrro, informou que o canal vai concentrar, em um único local, todas as reclamações relacionadas à concessionária. Além disso, a Enel terá uma ouvidoria para atender exclusivamente o Grande ABC, diminuindo o tempo de respostas das demandas.

“Estamos criando um canal que será muito mais ágil para dar andamento para as reclamações relacionadas à Enel, que cresceram muito durante a pandemia”, afirmou Bôrro.

O secretário-executivo do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, Edgard Brandão, destacou que o novo canal consolida o trabalho e a importância do Procon Consórcio ABC em benefício dos consumidores das sete cidades. “O cidadão do Grande ABC poderá contar com um serviço ágil e eficiente”, afirmou.

Conforme dados dos Procons Municipais, atualizados até esta segunda-feira (29/6), a região recebeu 531 reclamações de consumidores em relação ao valor cobrado na conta de luz de junho. Diadema lidera a lista, com 330 denúncias, seguida de Santo André (70), São Bernardo do Campo (45), São Caetano do Sul (30), Ribeirão Pires (23), Rio Grande da Serra (21) e Mauá (12).

Resposta da Enel dia 02/07/2020

A Enel Distribuição São Paulo recebeu a notificação do Procon-SP e prestará todas as informações necessárias. A companhia tem mantido interlocução frequente com o órgão de defesa do consumidor. No início de março, a empresa optou por reduzir o número de leituristas das ruas, contribuindo com o isolamento social, devido à pandemia da Covid-19. Como a maioria dos medidores dos clientes fica dentro dos imóveis, a medida foi adotada para evitar o contato entre o profissional da empresa e os clientes. O objetivo sempre foi preservar a saúde e a segurança dos leituristas e dos clientes em meio ao avanço da pandemia.

Por isso, desde o final de março, muitos clientes tiveram a conta de energia faturada pela média do consumo dos últimos 12 meses ou por meio da autoleitura. A medida foi autorizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para contribuir com o isolamento social e está totalmente alinhada com as recomendações das autoridades de saúde.

Em junho, a Enel Distribuição São Paulo gradualmente retomou a leitura presencial dos medidores de energia dos seus clientes, de acordo com a flexibilização do isolamento social anunciada pelo Governo do Estado de SP. Neste mês de julho, todos os equipamentos de medição serão lidos normalmente pela distribuidora. A diferença, a maior ou a menor, entre o valor da conta faturada pela média e o real consumo de energia no período, será compensada automaticamente, quando a leitura for efetuada pela distribuidora. Essa diferença, quando for a maior pode ser paga de forma facilitada pelo cliente por meio de um parcelamento, que pode chegar a até 12x, de acordo com a decisão do cliente.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários