EUA: Trump remarca comício em Tulsa após críticas sobre data

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que vai remarcar um comício planejado para 19 de junho em Tulsa, Oklahoma, depois de enfrentar críticas por realizar o evento no dia que celebra o fim da escravidão nos EUA. Trump fez o anúncio no Twitter, dizendo que iria mudar o comício de 19 para 20 de junho.

“Muitos de meus amigos e apoiadores afro-americanos sugeriram que considerássemos mudar a data por respeito a este feriado e em observância a essa importante ocasião e tudo o que ela representa”, disse Trump. “Decidi, portanto, mudar nosso comício para sábado, 20 de junho, a fim de honrar seus pedidos.”

O primeiro comício do presidente desde a interrupção desses eventos no início de março devido à pandemia do novo coronavírus ocorre em um momento de reconhecimento nacional das relações raciais. Protestos varreram o país após o assassinato de George Floyd, um homem negro, sob custódia policial, e líderes do governo, de negócios e da educação têm discutido como enfrentar o racismo sistêmico.

A data do comício recebeu críticas de líderes afro-americanos, assim como o local. Tulsa é uma cidade com um legado de violência racista. Em 1921, uma multidão de moradores brancos atacou e matou membros da comunidade negra, destruindo um próspero distrito comercial negro.

Em entrevista à Fox News, gravada na quinta-feira, Trump chamou o comício de “celebração”. “O fato de eu estar participando de um comício naquele dia, você pode realmente pensar nisso muito positivamente como uma celebração”, disse. “Será realmente uma celebração e uma data interessante. Não foi marcado por esse motivo, mas é um dia interessante. Mas é uma celebração.”

Na quinta-feira, a senadora Democrata Kamala Harris criticou Trump por realizar o comício. “Isso não é apenas uma piscadela para os supremacistas brancos – ele está dando a eles uma festa de boas-vindas em casa”. A democrata da Califórnia é considerada uma das principais concorrentes a vice-presidente para o Democrata Joe Biden. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários