Diretor-geral da OMC elogia G-20 e pede que líderes facilitem comércio

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio, Roberto Azevêdo, elogiou a determinação do grupo das maiores economias mundiais, G-20, para trabalhar em conjunto para combater a pandemia da covid-19, “garantindo o fluxo de suprimentos médicos vitais, produtos agrícolas críticos e outros bens e serviços além das fronteiras”.

Azevêdo recebeu com satisfação a decisão do G20 de compromisso mais amplo em “minimizar interrupções no comércio e nas cadeias de suprimentos globais”.

Os líderes concordaram em “facilitar o comércio internacional e coordenar as respostas de maneira a evitar interferências desnecessárias no tráfego e comércio internacionais”.

“Poucos países – se houver – podem produzir todos os suprimentos médicos, alimentos e energia de que precisam”, disse Azevêdo. “Fechar fronteiras seria particularmente prejudicial para as pessoas nos países em desenvolvimento que dependem de importações de equipamentos médicos sofisticados”.

O diretor-geral da OMC também incentivou os membros do G-20 a dar o exemplo, compartilhando prontamente informações sobre quaisquer políticas comerciais relacionadas ao covid-19 com o secretariado da organização.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários