Contração e recuperação global vai depender do controle do coronavírus, diz FMI

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, afirmou que a economia global deve se contrair em 2020 e se recuperar no ano seguinte, mas que a escala e duração da recessão vão depender da eficácia das ações de contenção do coronavírus e das medidas fiscais e monetárias adotadas pelos governos. “Vamos superar esta crise juntos”, destacou em nota, após participar da teleconferência de líderes do G-20.

Segundo Georgieva, o apoio fiscal direcionado a famílias vulneráveis e pequenas empresas é particularmente importante, para que elas sobrevivam e possam voltar ao trabalho. “Senão, elas levarão anos para superar os efeitos de disseminadas falências e demissões”, pontuou.

Ela também convocou a comunidade internacional a ajudar as economias emergentes e em desenvolvimento, que, em sua avaliação, estão sendo afetadas por “dramáticas” fuga de capitais e escassez de liquidez. “O FMI tem uma considerável e forte capacidade financeira de US$ 1 trilhão para colocar à disposição desses países”, disse.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários