Dólar e cenário para Selic menor amparam queda das taxas futuras de juros

O movimento, na manhã desta sexta-feira, 17, é de queda nos juros futuros, em sintonia com o recuo do dólar ante o real e outras moedas emergentes, em dia de indicadores positivos na China e sem destaques na agenda local. Além disso, o pano de fundo do mercado é a precificação na curva de juro de mais um corte da Selic em fevereiro, de 25 pontos-base, para 4,25% ao ano. Às 9h29 destas sexta, a taxa do contrato interfinanceiro (DI) para janeiro de 2021 marcava para 4,435%, de 4,450% no ajuste de quinta-feira. O DI para janeiro de 2023 caía para 5,640%, de 5,690%, enquanto o vencimento para janeiro de 2025 exibia 6,400%, na máxima, de 6,430%.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários