PT de Santo André vai à promotoria pedir anulação de Conferência da Juventude

Nicolas Carvalho de Toledo protocolou representação na promotoria de justiça de Santo André. (Foto: Divulgação)

A prefeitura de Santo André realiza nesta terça-feira (26/11) à partir das 13h30 a V Conferência Municipal da Juventude, que vai acontecer no prédio a prefeitura. A Juventude do PT, grupo que faz parte do Conselho Municipal da Juventude eleito em 2016 alega que não foi informada da realização do evento e que o próprio conselho é que deveria chamar a conferência o que não aconteceu, por isso recorreu ao Ministério Público contra a realização do encontro.

Membro do conselho eleito há três anos, Nícolas Carvalho de Toledo, foi até o Fórum de Santo André, e protocolou uma representação pedindo providências do Ministério Público. O protocolo feito por volta das 14hs pode não conseguir em tempo impedir a realização da conferência. “A perspectiva não é tão grande em relação a possibilidade de suspender, o importante é fazer a mobilização e mostrar a irregularidade”, disse Toledo, que diz ter tomado ciência do encontro somente na sexta-feira (22/11) e por e-mail onde recebe uma circular interna.

O autor da representação disse que seria atribuição do conselho chamar a conferência, mas os conselheiros não tomaram posse. “Esse conselho foi eleito em 2016, são 14 membros, sendo sete da sociedade civil e o restante do governo, mas os conselheiros nunca foram empossados. Esta gestão até eliminou a diretoria da juventude que era ligada à secretaria de Cultura”, apontou. De acordo com a reforma administrativa feita pelo prefeito Paulo Serra em 2017, o Conselho Municipal da Juventude passou a ser vinculado à Secretaria de Cidadania e Assistência Social.

A prefeitura informou que houve ampla divulgação da conferência, inclusive em redes sociais da prefeitura, além da publicação do edital no dia 14/11. “A última eleição para o Conselho Municipal da Juventude ocorreu em 2016, mas a gestão da Prefeitura na época (administrada pelo próprio PT) não deu posse aos conselheiros eleitos. A situação será regularizada por meio de eleição que definirá os novos membros do conselho. O primeiro passo deste processo eleitoral se dará na Conferência Municipal de Políticas de Juventude, onde serão indicados os representantes da sociedade civil que irão compor o conselho eleitoral. Não procede a informação sobre a falta de divulgação da Conferência Municipal de Políticas Públicas da Juventude. Além do decreto publicado nos atos oficias, a conferência foi divulgada nas redes sociais da Prefeitura e informada à sociedade civil, por exemplo, por meio de contato com entidades conveniadas com o poder público.”, sustentou a administração em nota.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários