CNDL: se Semana do Brasil for atrativa, ninguém olhará se é governo A ou B

O presidente da Câmara Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), José César da Costa, disse nesta terça-feira que o setor está otimista com as vendas na Semana do Brasil, iniciativa lançada pelo presidente Jair Bolsonaro para alavancar o varejo entre 6 e 15 de setembro com descontos e promoções.

“Entendemos e acreditamos muito que, neste momento de destravar a economia, essa Semana do Brasil contribui muito para que a gente possa começar a recuperar”, disse após cerimônia de lançamento da ação no Palácio do Planalto.

Segundo Costa, em um momento de polarização na sociedade, há sempre um risco de boicote a iniciativas promovidas pelo governo. No entanto, ele acredita que, no fim das contas, prevalecerá o bolso do consumidor.

“Quando a gente fala em desconto e vantagem, ninguém olha se é A ou se é B, se é governo do partido B ou do partido C. Eles olham se existe vantagem. Se o comércio se manifestar de forma que seja atrativa para o consumidor, nesse momento acaba qualquer tipo de polarização”, disse.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários