Poupado contra Argentina, Cardozo treina e pode reforçar o Paraguai em ‘decisão’

Autor de um gol, em cobrança de pênalti, no empate por 2 a 2 contra o Catar na estreia pela Copa América, no Rio de Janeiro, no último domingo, o centroavante Óscar Cardozo ficou de fora do duelo contra a Argentina, na quarta-feira, em Belo Horizonte, que terminou em igualdade por 1 a 1, por conta do desgaste muscular. Na manhã desta quinta, o experiente jogador, de 36 anos, participou normalmente do treinamento realizado na capital mineira e pode reforçar a sua seleção na partida decisiva do Grupo B contra a Colômbia, neste domingo, em Salvador.

Óscar Cardozo correu sem qualquer restrição no gramado da Toca da Raposa II, o CT do Cruzeiro, em Belo Horizonte. A atividade foi realizada apenas pelos jogadores que iniciaram a partida contra a Argentina entre os reservas. Os titulares ficaram no hotel fazendo um trabalho regenerativo. O embarque da delegação rumo à Bahia está marcado para 16 horas desta quinta-feira.

Em solo baiano, o técnico argentino Eduardo Berizzo vai comandar um treinamento nesta sexta-feira no estádio de Pituaçu. O trabalho de sábado ainda está sem local definido, já que as seleções não estão podendo utilizar o gramado da Arena Fonte Nova, local do jogo, que está prejudicado pelo excesso de jogos e pela chuva dos últimos dias em Salvador.

Com dois empates em dois jogos, o Paraguai está em segundo lugar no Grupo B. Se vencer a Colômbia, manterá a vice-liderança da chave e enfrentará o primeiro colocado da chave do Brasil nas quartas de final. Caso saia de campo com mais uma igualdade no placar, chegará aos três pontos e dependerá de outros resultados para se classificar e conhecer o próximo adversário. Se perder, será eliminado.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários