Marcelo Ramos diz que votará contra alteração para professores

O presidente da comissão especial da reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos (PR-AM), disse que vai votar conforme a orientação de seu partido em relação à regra de aposentadoria dos professores.

O PR defende que as normas para a categoria permaneçam como são hoje. A proposta do governo, porém, é fixar idade mínima de 60 anos para homens e mulheres e exigir 30 anos de contribuição. “Vou votar com o meu partido”, afirmou.

Ramos disse, no entanto, que não atuará como coordenador do PR na comissão especial, pois esse papel não se concilia com o de presidente da comissão.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários