Canadenses são acusados de espionagem na China

Pequim acusou na segunda-feira, 4, o canadense Michael Kovrig, detido na China, de atuar como “espião” e “roubar segredos de Estado” por meio de outro canadense, o empresário Michael Spavor.

Segundo a agência Xinhua, Kovrig, do centro de estudos International Crisis Group, recebia as informações de Spavor, seu principal contato na China.

Os dois canadenses foram detidos depois que o Canadá prendeu, a pedido dos EUA, Meng Wanzhou, diretora financeira da companhia de telecomunicações Huawei. (Com agências)

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários