USCS inaugura na quinta-feira colégio universitário com 800 inscritos

Colégio Universitário passa a operar a partir de segunda-feira (Foto: Divulgação/USCS)

A partir desta quinta-feira (31/1), a USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) passa a contar com colégio universitário, modalidade que assumirá parte dos alunos do Ensino Médio da rede municipal de São Caetano. Com saldo positivo de 800 inscritos entre 1º, 2º e 3º ano, a unidade escolar promove o segundo e último vestibulinho, nesta terça-feira (29/1) para suprir as 35 vagas remanescentes para 2019.

Em homenagem ao político e ex-ministro da educação na gestão de Fernando Henrique Cardoso, o prefeito de São Caetano, José Auricchio Jr, revela que a nova unidade chamará Colégio Universitário Paulo Renato Souza. A decisão, de acordo com Auricchio, vem da relevância e benfeitorias que o político trouxe à Educação, entre elas a universalização do acesso ao Ensino Fundamental, ENEM e SAEB (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica). “Foi ainda decisivo para a criação do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica), o que configura a importância do ensino médio para a população”, explica o prefeito.

As aulas na nova unidade iniciam já na próxima sexta-feira (1/2) e, segundo o reitor da USCS, Marcos Sidnei Bassi, a intenção é oferecer ensino qualificado, aproveitar as instalações da universidade instalada no campus Conceição e oferecer infraestrutura de ponta aos estudantes. “Os alunos terão um espaço grande e poderão utilizar os laboratórios que temos na faculdade, como o de informática e ciências, por exemplo”, explica. Com aulas no contra turno, a ideia do reitor é suavizar a demanda da Prefeitura de São Caetano e assim dividir os estudantes entre as instituições. “Temos espaço e sabíamos da necessidade da população em mais opções de ensino na cidade. Além disso, com a vivência dentro da universidade, os alunos saem prontos e preparados para o ensino superior”, acrescenta.

O colégio abriu 600 vagas, para 280 estudantes da cidade e egressos de escola pública que passaram pelo vestibulinho, no entanto, o restante de vagas será distribuído para aqueles que não se classificaram na prova seletiva ou que vieram de instituições particulares, que poderão frequentar a USCS mediante a pagamento da mensalidade a preço reduzido de R$ 487,50, desde que comprovem residência na cidade. “Este valor, com 20% de desconto, é especialmente para os moradores de São Caetano. Já para os que se interessaram e desejam estudar no colégio, temos mensalidade também a um excelente custo”, explica Bassi.

Para atender a grade pedagógica, parte dos professores virão da rede municipal da cidade e manterão vínculo com a prefeitura. O restante do corpo docente, será contratado por meio de concurso público, disponibilizado pela USCS no site do Caipimes.

Polêmicas do Ensino Médio 

Em 2018 o projeto do colégio causou grande polêmica, quando o anuncio do colégio foi entendido como o fim do Ensino Médio público na cidade. Houve protesto dos alunos e a prefeitura desistiu do convênio com a universidade e decidiu manter os 550 alunos distribuídos nas escolas Alcina Dantas Feijão, Oscar Niemeyer e Vicente Bastos. Após a polêmica, a USCS, alunos, pais e professores, tiveram reuniões e ficou decidido que parte da rede pública, correspondente as 280 vagas, iriam para o colégio, sendo 320 restantes para a rede municipal.

Sobre o capítulo, o prefeito revela “os protestos são legítimos e fazem parte do processo democrático. Ocorreram por falta de entendimento da comunidade escolar em relação ao projeto”, explica. Segundo ele, o colégio é inovador, política pública de educação e será referência de São Caetano com infraestrutura e qualidade nacionalmente conhecida.

Cursos

Além do colégio universitário, a USCS implementou novos cursos nas áreas de graduação e técnicos. Entre eles está o curso de Ciências Aeronáuticas, que inicia já no primeiro semestre deste ano. A universidade tem cerca de 8 mil alunos na graduação e outros 1,5 mil na pós.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários